AbcMed
A mucocele oral consiste em lesões1 não infecciosas benignas, não dolorosas, que se desenvolvem na mucosa2 oral. Pode-se observar cistos preenchidos por fluidos (saliva?) na parte interna da boca3, que por isso são também conhecidos como cistos mucosos. A mucocele oral se apresenta, portanto, como pequenos tumores semelhantes a uma bolha4 (bolhinhas) no interior da boca3.
1 Lesões: 1. Ato ou efeito de lesar (-se). 2. Em medicina, ferimento ou traumatismo. 3. Em patologia, qualquer alteração patológica ou traumática de um tecido, especialmente quando acarreta perda de função de uma parte do corpo. Ou também, um dos pontos de manifestação de uma doença sistêmica. 4. Em termos jurídicos, prejuízo sofrido por uma das partes contratantes que dá mais do que recebe, em virtude de erros de apreciação ou devido a elementos circunstanciais. Ou também, em direito penal, ofensa, dano à integridade física de alguém.
2 Mucosa: Tipo de membrana, umidificada por secreções glandulares, que recobre cavidades orgânicas em contato direto ou indireto com o meio exterior.
3 Boca: Cavidade oral ovalada (localizada no ápice do trato digestivo) composta de duas partes
4 Bolha: 1. Erupção cutânea globosa entre as camadas superficiais da epiderme, cheia de serosidade, líquido claro, pus ou sangue, causada por inflamação, queimadura, atrito, efeito de certas enfermidades, etc. Deve ter mais de 0,5 cm. Quando tem um tamanho menor devem ser chamadas de “vesículas”. 2. Bola ou glóbulo cheio de gás, ar ou vapor que se forma (ou se formou) em alguma substância líquida ou pastosa, especialmente ao ser agitada ou por ebulição ou fermentação. 3. Saliência oca em uma superfície.
   [Mais...]

O eletrochoque, também chamado eletroconvulsoterapia (ECT), hoje é um procedimento no qual uma corrente elétrica de baixa intensidade é passada através do cérebro1, sob anestesia2 geral, para induzir uma convulsão3 rápida e controlada. Este método é efetivo para tratar diversas condições mentais severas.
1 Cérebro: Derivado do TELENCÉFALO, o cérebro é composto dos hemisférios direito e esquerdo. Cada hemisfério contém um córtex cerebral exterior e gânglios basais subcorticais. O cérebro inclui todas as partes dentro do crânio exceto MEDULA OBLONGA, PONTE e CEREBELO. As funções cerebrais incluem as atividades sensório-motora, emocional e intelectual.
2 Anestesia: Diminuição parcial ou total da sensibilidade dolorosa. Pode ser induzida por diferentes medicamentos ou ser parte de uma doença neurológica.
3 Convulsão: Episódio agudo caracterizado pela presença de contrações musculares espasmódicas permanentes e/ou repetitivas (tônicas, clônicas ou tônico-clônicas). Em geral está associada à perda de consciência e relaxamento dos esfíncteres. Pode ser devida a medicamentos ou doenças.
   [Mais...]

Considera-se que uma pessoa adulta sadia necessita dormir de 7 a 9 horas por noite para manter em plenitude o seu funcionamento orgânico. É isso que requer o “relógio biológico” de cada pessoa. Privação de sono corresponde a dormir menos que isso. E, para o bem-estar pessoal, não só importa a quantidade do sono, mas também a sua qualidade.   [Mais...]
A atresia1 do esôfago2 é uma malformação3 congênita4 rara na qual o esôfago2 termina cegamente a uma distância aproximada de 8 a 12 centímetros da entrada da cavidade oral5. É a malformação3 mais comum no período neonatal e deve ser diagnosticada logo após o nascimento. Essa formação incompleta do esôfago2 muitas vezes é combinada com uma fístula6 que comunica esse órgão com a traqueia7.
1 Atresia: 1. Estreitamento de qualquer canal do corpo. 2. Imperfuração ou oclusão de uma abertura ou canal normal do organismo, como das vias biliares, do meato urinário, da pupila, etc.
2 Esôfago: Segmento muscular membranoso (entre a FARINGE e o ESTÔMAGO), no TRATO GASTRINTESTINAL SUPERIOR.
3 Malformação: 1. Defeito na forma ou na formação; anomalia, aberração, deformação. 2. Em patologia, é vício de conformação de uma parte do corpo, de origem congênita ou hereditária, geralmente curável por cirurgia. Ela é diferente da deformação (que é adquirida) e da monstruosidade (que é incurável).
4 Congênita: 1. Em biologia, o que é característico do indivíduo desde o nascimento ou antes do nascimento; conato. 2. Que se manifesta espontaneamente; inato, natural, infuso. 3. Que combina bem com; apropriado, adequado. 4. Em termos jurídicos, é o que foi adquirido durante a vida fetal ou embrionária; nascido com o indivíduo. Por exemplo, um defeito congênito.
5 Cavidade Oral: Cavidade oral ovalada (localizada no ápice do trato digestivo) composta de duas partes
6 Fístula: Comunicação anormal entre dois órgãos ou duas seções de um mesmo órgão entre si ou com a superfície. Possui um conduto de paredes próprias.
7 Traqueia: Conduto músculo-membranoso com cerca de 22 centímetros no homem e de 18 centímetros na mulher. Da traqueia distingue-se uma parte que faz continuação direta à laringe (porção cervical) e uma parte que está situada no tórax (porção torácica). Possui anéis cartilaginosos em número variável de 12 a 16, unidos entre si por tecido fibroso. Destina-se à passagem do ar. A traqueia é revestida com epitélio ciliar que auxilia a filtração do ar inalado.
   [Mais...]

A pessoa com delírio1 de perseguição sustenta a crença incorrigível de que alguém ou algum grupo deseja fazer algo contra ela, ou que está sendo acusada de fazer alguma coisa terrível que na realidade ela nunca fez. Apesar de bizarra e irracional, a convicção a respeito dessa crença é mais firme e estável que a que se refere às crenças razoáveis das pessoas normais e não é corrigível por argumentos lógicos, por mais improvável ou impossível que ela possa parecer.
1 Delírio: Delirio é uma crença sem evidência, acompanhada de uma excepcional convicção irrefutável pelo argumento lógico. Ele se dá com plena lucidez de consciência e não há fatores orgânicos.
   [Mais...]

A identidade pessoal refere-se ao conjunto de traços de personalidade, modelação corporal e modos de expressão que caracterizam uma pessoa. A questão da identidade pessoal diz respeito a como uma pessoa em um dado momento reconhece ser a mesma pessoa que em um outro momento.   [Mais...]
As nuances dos sentimentos humanos comportam mais de três centenas de variações, cada uma delas nomeada por uma expressão diferente. Quase todas pertencem à linguagem comum e todas são facilmente identificáveis, uma vez que correspondem às experiências corriqueiras das pessoas. Algumas, no entanto, são mais frequentes, mais comuns e de maior impacto que outras. A elas estamos denominando de “sentimentos humanos mais comuns”.   [Mais...]
A couperose não é considerada uma doença, mas uma variedade anatômica que consiste principalmente em um problema estético. Trata-se de um estado da pele1 ligado a problemas de microcirculação. Afeta basicamente os vasos sanguíneos2 da pele1 do rosto, consistindo na formação de pequenas varizes3 ou veias4 varicosas em diferentes partes do rosto, emprestando a elas uma aparência avermelhada. Todas as pessoas podem apresentar esse tipo fisiológico5 de vermelhidão, mas elas costumam ser passageiras. Quando não o são, fala-se em couperose.
1 Pele: Camada externa do corpo, que o protege do meio ambiente. Composta por DERME e EPIDERME.
2 Vasos Sanguíneos: Qualquer vaso tubular que transporta o sangue (artérias, arteríolas, capilares, vênulas e veias).
3 Varizes: Dilatação anormal de uma veia. Podem ser dolorosas ou causar problemas estéticos quando são superficiais como nas pernas. Podem também ser sede de trombose, devido à estase sangüínea.
4 Veias: Vasos sangüíneos que levam o sangue ao coração.
5 Fisiológico: Relativo à fisiologia. A fisiologia é estudo das funções e do funcionamento normal dos seres vivos, especialmente dos processos físico-químicos que ocorrem nas células, tecidos, órgãos e sistemas dos seres vivos sadios.
   [Mais...]

Geriatria, ou medicina geriátrica, é uma especialidade médica focada na prestação de cuidados à saúde1 de pessoas idosas. Tem como objetivo promover a saúde1 prevenindo, diagnosticando e tratando doenças em idosos. Não há um limite etário definido para que os pacientes possam estar sob os cuidados de um médico especializado no atendimento de idosos (geriatra). Essa decisão é guiada pelas necessidades individuais do paciente e pelas estruturas de cuidado disponíveis para ele.
1 Saúde: 1. Estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e o seu ambiente, o qual mantém as características estruturais e funcionais do organismo dentro dos limites normais para sua forma de vida e para a sua fase do ciclo vital. 2. Estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar. 3. Brinde, saudação que se faz bebendo à saúde de alguém. 4. Força física; robustez, vigor, energia.
   [Mais...]

Os hormônios bioidênticos são substâncias hormonais artificiais que possuem exatamente a mesma estrutura química e molecular encontrada nos hormônios produzidos no corpo humano1. Embora muitos médicos defendam que os hormônios bioidênticos sejam a chave para reduzir o processo de envelhecimento do corpo de maneira natural, nada está comprovado cientificamente e as pessoas devem tomar cuidado com tais promessas.
1 Corpo humano: O corpo humano é a substância física ou estrutura total e material de cada homem. Ele divide-se em cabeça, pescoço, tronco e membros. A anatomia humana estuda as grandes estruturas e sistemas do corpo humano.
   [Mais...]

Mostrar: 10
1 - 2 - 3 - 4 - 5 - 6 - Próximos » - >>
1 a 10 (Total: 2599)
  • Entrar
  • Receber conteúdos