AbcMed
A hipersexualidade é um transtorno sexual caracterizado por um nível elevado e incontrolável de desejo e atividade sexual a ponto de causar prejuízos na vida do indivíduo. Pode ser secundária a uma enfermidade de base ou primária, quando surge na ausência de outra patologia1.
1 Patologia: 1. Especialidade médica que estuda as doenças e as alterações que estas provocam no organismo. 2. Qualquer desvio anatômico e/ou fisiológico, em relação à normalidade, que constitua uma doença ou caracterize determinada doença. 3. Por extensão de sentido, é o desvio em relação ao que é próprio ou adequado ou em relação ao que é considerado como o estado normal de uma coisa inanimada ou imaterial.
   [Mais...]

Ortopedia e Saúde - 22/03/19
A camptodactilia é uma malformação1 congênita2, indolor, estacionária ou geralmente progressiva, que faz com que um ou mais dedos fiquem permanentemente dobrados. O nome é derivado das antigas palavras gregas kamptos = dobrados + daktylos = dedos. Envolve a deformidade de flexão fixa das articulações3 interfalângicas proximais4.
1 Malformação: 1. Defeito na forma ou na formação; anomalia, aberração, deformação. 2. Em patologia, é vício de conformação de uma parte do corpo, de origem congênita ou hereditária, geralmente curável por cirurgia. Ela é diferente da deformação (que é adquirida) e da monstruosidade (que é incurável).
2 Congênita: 1. Em biologia, o que é característico do indivíduo desde o nascimento ou antes do nascimento; conato. 2. Que se manifesta espontaneamente; inato, natural, infuso. 3. Que combina bem com; apropriado, adequado. 4. Em termos jurídicos, é o que foi adquirido durante a vida fetal ou embrionária; nascido com o indivíduo. Por exemplo, um defeito congênito.
3 Articulações:
4 Proximais: 1. Que se localiza próximo do centro, do ponto de origem ou do ponto de união. 2. Em anatomia geral, significa o mais próximo do tronco (no caso dos membros) ou do ponto de origem (no caso de vasos e nervos). Ou também o que fica voltado para a cabeça (diz-se de qualquer formação). 3. Em botânica, o que fica próximo ao ponto de origem ou à base. 4. Em odontologia, é o mais próximo do ponto médio do arco dental.
   [Mais...]

As doenças das artérias1, ou doenças arteriais, são doenças vasculares2 que afetam as artérias1 do corpo, que são os vasos que transportam sangue3 rico em oxigênio do coração4 para os tecidos do organismo. As artérias1 são vasos vitais para a circulação5 do sangue3, daí a importância que assumem as doenças arteriais, que geralmente bloqueiam a condução do sangue3 do coração4 para o resto do corpo.
1 Artérias: Os vasos que transportam sangue para fora do coração.
2 Vasculares: Relativo aos vasos sanguíneos do organismo.
3 Sangue: O sangue é uma substância líquida que circula pelas artérias e veias do organismo. Em um adulto sadio, cerca de 45% do volume de seu sangue é composto por células (a maioria glóbulos vermelhos, glóbulos brancos e plaquetas). O sangue é vermelho brilhante, quando oxigenado nos pulmões (nos alvéolos pulmonares). Ele adquire uma tonalidade mais azulada, quando perde seu oxigênio, através das veias e dos pequenos vasos denominados capilares.
4 Coração: Órgão muscular, oco, que mantém a circulação sangüínea.
5 Circulação: 1. Ato ou efeito de circular. 2. Facilidade de se mover usando as vias de comunicação; giro, curso, trânsito. 3. Movimento do sangue, fluxo de sangue através dos vasos sanguíneos do corpo e do coração.
   [Mais...]

Saúde da Criança - 20/03/19
Cranioestenose (ou craniossinostose) é um defeito congênito1 no qual uma ou mais das articulações2 fibrosas entre os ossos do crânio3 do bebê (suturas cranianas4) fecham prematuramente, antes que o cérebro5 esteja totalmente formado. O crescimento do cérebro5 continua se processando após esse fechamento, o que dá à cabeça6 da criança uma aparência deformada.
1 Congênito: 1. Em biologia, o que é característico do indivíduo desde o nascimento ou antes do nascimento; conato. 2. Que se manifesta espontaneamente; inato, natural, infuso. 3. Que combina bem com; apropriado, adequado. 4. Em termos jurídicos, é o que foi adquirido durante a vida fetal ou embrionária; nascido com o indivíduo. Por exemplo, um defeito congênito.
2 Articulações:
3 Crânio: O ESQUELETO da CABEÇA; compreende também os OSSOS FACIAIS e os que recobrem o CÉREBRO. Sinônimos: Calvaria; Calota Craniana
4 Suturas Cranianas: Tipo de junturas fibrosas entre os ossos da cabeça.
5 Cérebro: Derivado do TELENCÉFALO, o cérebro é composto dos hemisférios direito e esquerdo. Cada hemisfério contém um córtex cerebral exterior e gânglios basais subcorticais. O cérebro inclui todas as partes dentro do crânio exceto MEDULA OBLONGA, PONTE e CEREBELO. As funções cerebrais incluem as atividades sensório-motora, emocional e intelectual.
6 Cabeça:
   [Mais...]

As doenças das veias1 são condições anômalas que afetam a estrutura ou funcionamento das veias1 e se dividem em duas grandes categorias: bloqueio (parcial ou total) da circulação2 por um coágulo3 sanguíneo (trombose4) e drenagem5 venosa inadequada (insuficiência6 venosa).
1 Veias: Vasos sangüíneos que levam o sangue ao coração.
2 Circulação: 1. Ato ou efeito de circular. 2. Facilidade de se mover usando as vias de comunicação; giro, curso, trânsito. 3. Movimento do sangue, fluxo de sangue através dos vasos sanguíneos do corpo e do coração.
3 Coágulo: 1. Em fisiologia, é uma massa semissólida de sangue ou de linfa. 2. Substância ou produto que promove a coagulação do leite.
4 Trombose: Formação de trombos no interior de um vaso sanguíneo. Pode ser venosa ou arterial e produz diferentes sintomas segundo os territórios afetados. A trombose de uma artéria coronariana pode produzir um infarto do miocárdio.
5 Drenagem: Saída ou retirada de material líquido (sangue, pus, soro), de forma espontânea ou através de um tubo colocado no interior da cavidade afetada (dreno).
6 Insuficiência: Incapacidade de um órgão ou sistema para realizar adequadamente suas funções.Manifesta-se de diferentes formas segundo o órgão comprometido. Exemplos: insuficiência renal, hepática, cardíaca, respiratória.
   [Mais...]

Saúde da Mulher - 18/03/19
Uma doença vaginal é uma condição patológica que afeta parte ou a totalidade da vagina1. Englobaremos aqui as condições patológicas mais comuns.
1 Vagina: Canal genital, na mulher, que se estende do ÚTERO à VULVA. (Tradução livre do original
   [Mais...]

Saúde da Criança - 15/03/19
O distúrbio do processamento auditivo é um distúrbio que afeta a forma como o cérebro1 processa as informações auditivas. Os indivíduos com esse distúrbio geralmente têm estrutura e função normais do ouvido externo2, médio e interno, responsáveis pela audição periférica, mas não conseguem processar a nível do sistema nervoso central3 as informações que ouvem da mesma maneira que os outros.
1 Cérebro: Derivado do TELENCÉFALO, o cérebro é composto dos hemisférios direito e esquerdo. Cada hemisfério contém um córtex cerebral exterior e gânglios basais subcorticais. O cérebro inclui todas as partes dentro do crânio exceto MEDULA OBLONGA, PONTE e CEREBELO. As funções cerebrais incluem as atividades sensório-motora, emocional e intelectual.
2 Ouvido externo: Atualmente denominado orelha externa, consiste em duas porções: o pavilhão auditivo e o meato acústico externo, canal fechado em sua parte medial pela membrana timpânica, o que faz o limite da orelha média.
3 Sistema Nervoso Central: Principais órgãos processadores de informação do sistema nervoso, compreendendo cérebro, medula espinhal e meninges.
   [Mais...]

Pele saudável - 14/03/19
As manchas Vinho do Porto (nevus flammeus) são manchas vermelhas ou roxas, mais comuns no rosto, e que podem variar de alguns milímetros até centímetros de diâmetro. Essas manchas são assim nomeadas por sua coloração semelhante à cor de um vinho tinto fortificado em Portugal, principalmente na cidade do Porto.   [Mais...]
A síndrome1 da pele2 escaldada, também conhecida como doença de Ritter e necrólise epidérmica estafilocócica, é a mais grave das lesões3 bolhosas da pele2. Ela é uma infecção4 cutânea5 grave causada por uma bactéria6 que produz uma toxina7 esfoliativa.
1 Síndrome: Conjunto de sinais e sintomas que se encontram associados a uma entidade conhecida ou não.
2 Pele: Camada externa do corpo, que o protege do meio ambiente. Composta por DERME e EPIDERME.
3 Lesões: 1. Ato ou efeito de lesar (-se). 2. Em medicina, ferimento ou traumatismo. 3. Em patologia, qualquer alteração patológica ou traumática de um tecido, especialmente quando acarreta perda de função de uma parte do corpo. Ou também, um dos pontos de manifestação de uma doença sistêmica. 4. Em termos jurídicos, prejuízo sofrido por uma das partes contratantes que dá mais do que recebe, em virtude de erros de apreciação ou devido a elementos circunstanciais. Ou também, em direito penal, ofensa, dano à integridade física de alguém.
4 Infecção: Doença produzida pela invasão de um germe (bactéria, vírus, fungo, etc.) em um organismo superior. Como conseqüência da mesma podem ser produzidas alterações na estrutura ou funcionamento dos tecidos comprometidos, ocasionando febre, queda do estado geral, e inúmeros sintomas que dependem do tipo de germe e da reação imunológica perante o mesmo.
5 Cutânea: Que diz respeito à pele, à cútis.
6 Bactéria: Organismo unicelular, capaz de auto-reproduzir-se. Existem diferentes tipos de bactérias, classificadas segundo suas características de crescimento (aeróbicas ou anaeróbicas, etc.), sua capacidade de absorver corantes especiais (Gram positivas, Gram negativas), segundo sua forma (bacilos, cocos, espiroquetas, etc.). Algumas produzem infecções no ser humano, que podem ser bastante graves.
7 Toxina: Substância tóxica, especialmente uma proteína, produzida durante o metabolismo e o crescimento de certos microrganismos, animais e plantas, capaz de provocar a formação de anticorpos ou antitoxinas.
   [Mais...]

A inércia do sono é um estado fisiológico1 de desempenho cognitivo2 e sensório-motor prejudicado que está presente imediatamente após o despertar. É aquela situação em a pessoa “ainda não acordou completamente”. Ocorre na transição do sono para a vigília, período no qual o indivíduo ainda está meio grogue e experimenta sentimentos de sonolência, desorientação e declínio da destreza motora.
1 Fisiológico: Relativo à fisiologia. A fisiologia é estudo das funções e do funcionamento normal dos seres vivos, especialmente dos processos físico-químicos que ocorrem nas células, tecidos, órgãos e sistemas dos seres vivos sadios.
2 Desempenho cognitivo: Desempenho dos processos de aprendizagem e de aquisição de conhecimento através da percepção.
   [Mais...]

Mostrar: 10
1 - 2 - 3 - 4 - 5 - 6 - > - >>
1 a 10 (Total: 1840)
  • Entrar
  • Assinar
O AbcMed® é parte integrante da Plataforma HiDoctor® e é oferecido a você gratuitamente.