AbcMed  -  Saúde da Criança
Saúde da Criança - 22/11/21
A enterocolite necrosante1 é uma condição médica grave em que o tecido2 intestinal do bebê sofre uma inflamação3, podendo causar uma perfuração para o interior do abdômen. Na maioria absoluta das vezes afeta bebês4 prematuros. As bactérias normalmente presentes no intestino podem vazar para o abdômen através do orifício ou atingir a corrente sanguínea. As consequências de tudo isso podem resultar em complicações graves e na morte do bebê.
1 Necrosante: Que necrosa ou que sofre gangrena; que provoca necrose, necrotizante.
2 Tecido: Conjunto de células de características semelhantes, organizadas em estruturas complexas para cumprir uma determinada função. Exemplo de tecido: o tecido ósseo encontra-se formado por osteócitos dispostos em uma matriz mineral para cumprir funções de sustentação.
3 Inflamação: Conjunto de processos que se desenvolvem em um tecido em resposta a uma agressão externa. Incluem fenômenos vasculares como vasodilatação, edema, desencadeamento da resposta imunológica, ativação do sistema de coagulação, etc.Quando se produz em um tecido superficial (pele, tecido celular subcutâneo) pode apresentar tumefação, aumento da temperatura local, coloração avermelhada e dor (tétrade de Celso, o cientista que primeiro descreveu as características clínicas da inflamação).
4 Bebês: Lactentes. Inclui o período neonatal e se estende até 1 ano de idade (12 meses).
   [Mais...]

Saúde da Criança - 02/03/21
No primeiro ano de vida, um bebê dobra de tamanho. A partir dos dois anos, o crescimento se desacelera, até chegar na puberdade, quando uma nova explosão acontece. A isso se chama estirão de crescimento, período no qual se realiza um rápido ganho de crescimento, de cerca de 20% da estatura final, e uma maturação acentuadamente veloz da sexualidade, nos seus aspectos físicos e psicológicos.   [Mais...]
Saúde da Criança - 24/02/21
O cordão umbilical1 é uma estrutura tubular de cerca de 50 cm de comprimento e 2 cm de diâmetro que conecta o bebê com o corpo da mãe, através da placenta. Ele é responsável por fazer com que o sangue2 do bebê passe pela placenta, onde é oxigenado e recebe nutrientes, retornando em seguida para o bebê. Várias situações anômalas podem ocorrer com o cordão umbilical1, antes e durante o nascimento.
1 Cordão Umbilical: Estrutura flexível semelhante a corda, que conecta um FETO em desenvolvimento à PLACENTA, em mamíferos. O cordão contém vasos sanguíneos que transportam oxigênio e nutrientes da mãe ao feto e resíduos para longe do feto.
2 Sangue: O sangue é uma substância líquida que circula pelas artérias e veias do organismo. Em um adulto sadio, cerca de 45% do volume de seu sangue é composto por células (a maioria glóbulos vermelhos, glóbulos brancos e plaquetas). O sangue é vermelho brilhante, quando oxigenado nos pulmões (nos alvéolos pulmonares). Ele adquire uma tonalidade mais azulada, quando perde seu oxigênio, através das veias e dos pequenos vasos denominados capilares.
   [Mais...]

Saúde da Criança - 15/02/21
A meningocele é um dos tipos de espinha bífida1. A espinha bífida1 é um defeito de nascença no qual o canal espinhal e a coluna vertebral2 não fecham antes do nascimento do bebê e a medula espinhal3 e as meninges4 podem fazer protrusão nas costas5 da criança. Na meningocele, as vértebras se desenvolvem normalmente, mas a meninge é forçada para fora, através dos espaços intervertebrais. Esta é a forma mais branda de espinha bífida1, geralmente não associada a déficits neurológicos.
1 Espinha bífida: Também conhecida como mielomeningocele, a espinha bífida trata-se de um problema congênito. Ela é caracterizada pela má formação no tubo neural do feto, a qual ocorre nas três primeiras semanas de gravidez, quando a mulher ainda não sabe que está grávida. Esta malformação pode comprometer as funções de locomoção, controle urinário e intestinal, dentre outras.
2 Coluna vertebral:
3 Medula Espinhal:
4 Meninges: Conjunto de membranas que envolvem o sistema nervoso central. Cumprem funções de proteção, isolamento e nutrição. São três e denominam-se dura-máter, pia-máter e aracnóide.
5 Costas:
   [Mais...]

Saúde da Criança - 18/01/21
O leite materno deve ser o primeiro e único alimento que o bebê recebe durante seus primeiros meses de vida. Ele é a melhor e a mais completa fonte de nutrição1 do bebê e, além disso, muitos componentes do leite materno ajudam a proteger o bebê contra infecções2 e doenças.
1 Nutrição: Incorporação de vitaminas, minerais, proteínas, lipídios, carboidratos, oligoelementos, etc. indispensáveis para o desenvolvimento e manutenção de um indivíduo normal.
2 Infecções: Doença produzida pela invasão de um germe (bactéria, vírus, fungo, etc.) em um organismo superior. Como conseqüência da mesma podem ser produzidas alterações na estrutura ou funcionamento dos tecidos comprometidos, ocasionando febre, queda do estado geral, e inúmeros sintomas que dependem do tipo de germe e da reação imunológica perante o mesmo.
   [Mais...]

Saúde da Criança - 26/10/20
A puberdade precoce é a condição em que o corpo de uma criança começa a maturação sexual mais cedo que o normal. Geralmente ocorre antes dos oito anos nas meninas e antes de nove anos em meninos. Os sintomas1 em meninas incluem o desenvolvimento da mama2 e um primeiro período menstrual e, em meninos, incluem testículos3 e pênis4 alargados, voz grossa e pelo facial, muitas vezes acima do lábio5 superior.
1 Sintomas: Alterações da percepção normal que uma pessoa tem de seu próprio corpo, do seu metabolismo, de suas sensações, podendo ou não ser um indício de doença. Os sintomas são as queixas relatadas pelo paciente mas que só ele consegue perceber. Sintomas são subjetivos, sujeitos à interpretação pessoal. A variabilidade descritiva dos sintomas varia em função da cultura do indivíduo, assim como da valorização que cada pessoa dá às suas próprias percepções.
2 Mama: Em humanos, uma das regiões pareadas na porção anterior do TÓRAX. As mamas consistem das GLÂNDULAS MAMÁRIAS, PELE, MÚSCULOS, TECIDO ADIPOSO e os TECIDOS CONJUNTIVOS.
3 Testículos: Os testículos são as gônadas sexuais masculinas que produzem as células de fecundação ou espermatozóides. Nos mamíferos ocorrem aos pares e são protegidos fora do corpo por uma bolsa chamada escroto. Têm função de glândula produzindo hormônios masculinos.
4 Pênis: Órgão reprodutor externo masculino. É composto por uma massa de tecido erétil encerrada em três compartimentos cilíndricos fibrosos. Dois destes compartimentos, os corpos cavernosos, ficam lado a lado ao longo da parte superior do órgão. O terceiro compartimento (na parte inferior), o corpo esponjoso, abriga a uretra.
5 Lábio: Cada uma das duas margens carnudas e altamente irrigadas da boca.
   [Mais...]

Saúde da Criança - 25/06/20
A taxa de mortalidade infantil1 é obtida por meio do número de crianças que morrem antes de completar um ano, a cada mil crianças nascidas vivas. No Brasil, a mortalidade infantil1 tem sido decrescente ao longo dos últimos anos.
1 Mortalidade Infantil: A taxa de mortalidade infantil é o quociente entre os óbitos de menores de um ano ocorridos em uma determinada unidade geográfica e período de tempo, e os nascidos vivos da mesma unidade nesse período, segundo a fórmula: Taxa de Mortalidade Infantil = (Óbitos de Menores de 1 ano / Nascidos Vivos) x 1.000
   [Mais...]

Saúde da Criança - 21/05/20
A criança enxerga desde que nasce, embora toscamente. Sua visão1 normalmente vai evoluindo e se aperfeiçoando com a idade. Já no nascimento, os bebês2 têm toda a estrutura biológica da visão1 formada, mas ainda precisarão de tempo para amadurecer e aprender a usar a função visual.
1 Visão: 1. Ato ou efeito de ver. 2. Percepção do mundo exterior pelos órgãos da vista; sentido da vista. 3. Algo visto, percebido. 4. Imagem ou representação que aparece aos olhos ou ao espírito, causada por delírio, ilusão, sonho; fantasma, visagem. 5. No sentido figurado, concepção ou representação, em espírito, de situações, questões etc.; interpretação, ponto de vista. 6. Percepção de fatos futuros ou distantes, como profecia ou advertência divina.
2 Bebês: Lactentes. Inclui o período neonatal e se estende até 1 ano de idade (12 meses).
   [Mais...]

Saúde da Criança - 20/05/20
A aquisição da linguagem é a maior façanha que uma pessoa pode realizar durante a vida. O cérebro1 da criança muda mais durante a aquisição da linguagem, nos primeiros seis anos de vida, do que em qualquer outra fase da vida. A aquisição de um idioma é um produto de aprendizado ativo, repetitivo e complexo. Os adultos ajudam as crianças a aprender a língua2, principalmente conversando com elas.
1 Cérebro: Derivado do TELENCÉFALO, o cérebro é composto dos hemisférios direito e esquerdo. Cada hemisfério contém um córtex cerebral exterior e gânglios basais subcorticais. O cérebro inclui todas as partes dentro do crânio exceto MEDULA OBLONGA, PONTE e CEREBELO. As funções cerebrais incluem as atividades sensório-motora, emocional e intelectual.
2 Língua:
   [Mais...]

Saúde da Criança - 11/03/20
A disquesia não é uma doença, mas um distúrbio funcional do trato gastrointestinal do bebê em que ele pode sentir vontade de fazer cocô sem, contudo, conseguir evacuar, ou precisar de muito esforço e muito tempo para fazê-lo.   [Mais...]
Mostrar: 10
1 - 2 - 3 - 4 - 5 - 6 - Próximos » - >>
1 a 10 (Total: 118)
  • Entrar
  • Receber conteúdos