AbcMed  -  Saúde da Criança
Saúde da Criança - 11/10/18
A apneia1 infantil é um distúrbio respiratório relacionado ao sono (apneia1 do sono). Consiste em pausas na respiração que ocorrem durante o sono da criança. Quando as reduções da respiração são apenas parciais elas são chamadas de “hipopneias”.
1 Apnéia: É uma parada respiratória provocada pelo colabamento total das paredes da faringe que ocorre principalmente enquanto a pessoa está dormindo e roncando. No adulto, considera-se apnéia após 10 segundos de parada respiratória. Como a criança tem uma reserva menor, às vezes, depois de dois ou três segundos, o sangue já se empobrece de oxigênio.
   [Mais...]

Saúde da Criança - 05/09/18
O refluxo gastroesofágico1 é o retorno do conteúdo gástrico2 do estômago3 para o esôfago4. Ocorre frequentemente em recém-nascidos, especialmente prematuros. O refluxo gastroesofágico1 é considerado patológico quando causa sintomatologia significativa ou complicações, sendo designado então como Doença do Refluxo Gastroesofágico1.
1 Refluxo gastroesofágico: Presença de conteúdo ácido proveniente do estômago na luz esofágica. Como o dito órgão não está adaptado fisiologicamente para suportar a acidez do suco gástrico, pode ser produzida inflamação de sua mucosa (esofagite).
2 Conteúdo Gástrico: Conteúdo compreendido em todo ou qualquer segmento do TRATO GASTROINTESTINAL
3 Estômago: Órgão da digestão, localizado no quadrante superior esquerdo do abdome, entre o final do ESÔFAGO e o início do DUODENO.
4 Esôfago: Segmento muscular membranoso (entre a FARINGE e o ESTÔMAGO), no TRATO GASTRINTESTINAL SUPERIOR.
   [Mais...]

Saúde da Criança - 15/08/18
Trata-se de uma malformação1 congênita2, aparentemente simples, que consiste em pequenas pregas finas, na porção posterior da uretra3, as quais acontecem apenas em meninos. É a causa mais comum de obstrução da saída de urina4 da bexiga5 em recém-nascidos do sexo masculino.
1 Malformação: 1. Defeito na forma ou na formação; anomalia, aberração, deformação. 2. Em patologia, é vício de conformação de uma parte do corpo, de origem congênita ou hereditária, geralmente curável por cirurgia. Ela é diferente da deformação (que é adquirida) e da monstruosidade (que é incurável).
2 Congênita: 1. Em biologia, o que é característico do indivíduo desde o nascimento ou antes do nascimento; conato. 2. Que se manifesta espontaneamente; inato, natural, infuso. 3. Que combina bem com; apropriado, adequado. 4. Em termos jurídicos, é o que foi adquirido durante a vida fetal ou embrionária; nascido com o indivíduo. Por exemplo, um defeito congênito.
3 Uretra: É um órgão túbulo-muscular que serve para eliminação da urina.
4 Urina: Resíduo líquido produzido pela filtração renal no organismo, estocado na bexiga e expelido pelo ato de urinar.
5 Bexiga: Órgão cavitário, situado na cavidade pélvica, no qual é armazenada a urina, que é produzida pelos rins. É uma víscera oca caracterizada por sua distensibilidade. Tem a forma de pêra quando está vazia e a forma de bola quando está cheia.
   [Mais...]

Saúde da Criança - 19/07/18
O banho do bebê é uma hora de prazer e interação positiva, para isso é importante escolher um horário calmo e um ambiente acolhedor, em que seja possível fazer uma checagem geral do corpinho do bebê e ter um momento de brincadeira e carinho. Toda atenção deve ser direcionada ao que está sendo feito.   [Mais...]
Saúde da Criança - 20/03/18
Fala-se em hidronefrose1 congênita2 quando a criança nasce com uma dilatação dos rins3 pela urina4, em decorrência de uma obstrução do fluxo urinário em algum ponto do trato urinário5. Com a realização da ultrassonografia6 pré-natal, a hidronefrose1 passou a ser mais frequentemente diagnosticada e a representar uma das anormalidades fetais mais comuns.
1 Hidronefrose: Dilatação da via excretora de um ou ambos os rins. Em geral é produzida por uma obstrução ao nível do ureter ou uretra por cálculos, tumores, etc.
2 Congênita: 1. Em biologia, o que é característico do indivíduo desde o nascimento ou antes do nascimento; conato. 2. Que se manifesta espontaneamente; inato, natural, infuso. 3. Que combina bem com; apropriado, adequado. 4. Em termos jurídicos, é o que foi adquirido durante a vida fetal ou embrionária; nascido com o indivíduo. Por exemplo, um defeito congênito.
3 Rins: Órgãos em forma de feijão que filtram o sangue e formam a urina. Os rins são localizados na região posterior do abdômen, um de cada lado da coluna vertebral.
4 Urina: Resíduo líquido produzido pela filtração renal no organismo, estocado na bexiga e expelido pelo ato de urinar.
5 Trato Urinário:
6 Ultrassonografia: Ultrassonografia ou ecografia é um exame complementar que usa o eco produzido pelo som para observar em tempo real as reflexões produzidas pelas estruturas internas do organismo (órgãos internos). Os aparelhos de ultrassonografia utilizam uma frequência variada, indo de 2 até 14 MHz, emitindo através de uma fonte de cristal que fica em contato com a pele e recebendo os ecos gerados, os quais são interpretados através de computação gráfica.
   [Mais...]

Saúde da Criança - 09/03/18
A enxaqueca1 abdominal é caracterizada por dor abdominal paroxística, abrupta e intensa, comumente acompanhada de náuseas2 e vômitos3. A enxaqueca1 abdominal foi reconhecida como uma variante da enxaqueca1 tradicional durante a década de 1990.
1 Enxaqueca: Sinônimo de migrânea. É a cefaléia cuja prevalência varia de 10 a 20% da população. Ocorre principalmente em mulheres com uma proporção homem:mulher de 1:2-3. As razões para esta preponderância feminina ainda não estão bem entendidas, mas suspeita-se de alguma relação com o hormônio feminino. Resulta da pressão exercida por vasos sangüíneos dilatados no tecido nervoso cerebral subjacente. O tratamento da enxaqueca envolve normalmente drogas vaso-constritoras para aliviar esta pressão. No entanto, esta medicamentação pode causar efeitos secundários no sistema circulatório e é desaconselhada a pessoas com problemas cardiológicos.
2 Náuseas: Vontade de vomitar. Forma parte do mecanismo complexo do vômito e pode ser acompanhada de sudorese, sialorréia (salivação excessiva), vertigem, etc .
3 Vômitos: São a expulsão ativa do conteúdo gástrico pela boca. Podem ser classificados em: alimentar, fecalóide, biliar, em jato, pós-prandial. Sinônimo de êmese. Os medicamentos que agem neste sintoma são chamados de antieméticos.
   [Mais...]

Saúde da Criança - 02/03/18
O câncer1 infantil corresponde a um conjunto de várias doenças malignas, cuja proliferação descontrolada de células2 anormais pode ocorrer em qualquer localização no organismo. No Brasil, o câncer1 já representa a primeira causa de morte por doença entre crianças e adolescentes entre 1 e 19 anos (8% do total).
1 Câncer: Crescimento anormal de um tecido celular capaz de invadir outros órgãos localmente ou à distância (metástases).
2 Células: Unidades (ou subunidades) funcionais e estruturais fundamentais dos organismos vivos. São compostas de CITOPLASMA (com várias ORGANELAS) e limitadas por uma MEMBRANA CELULAR.
   [Mais...]

Saúde da Criança - 23/02/18
A língua1 presa, também chamada de anquiloglossia ou anciloglossia, é uma situação que acontece quando o frênulo, pequena membrana que prende a língua1 ao assoalho da boca2, conhecida popularmente como “freio da língua”, é menor do que o normal, prendendo a língua1 ao assoalho da boca2 e impedindo que ela se movimente livremente.
1 Língua:
2 Boca: Cavidade oral ovalada (localizada no ápice do trato digestivo) composta de duas partes
   [Mais...]

Saúde da Criança - 19/02/18
O peso considerado normal para um bebê ao nascer varia entre 2.500 a 4.200 gramas. Um bebê é dito ter baixo peso ao nascer quando pesa menos do que estes valores de referência ao nascimento, independentemente da idade gestacional, seja ele prematuro ou não.   [Mais...]
Saúde da Criança - 23/01/18
A síndrome1 da morte súbita do lactente2 ou síndrome1 da morte súbita infantil, conhecida internacionalmente pela sigla SIDS, é o óbito3 inesperado e inexplicado de crianças sadias, com menos de um ano de vida, que ocorre principalmente durante o sono.
1 Síndrome: Conjunto de sinais e sintomas que se encontram associados a uma entidade conhecida ou não.
2 Lactente: Que ou aquele que mama, bebê. Inclui o período neonatal e se estende até 1 ano de idade (12 meses).
3 Óbito: Morte de pessoa; passamento, falecimento.
   [Mais...]

Mostrar: 10
1 - 2 - 3 - 4 - 5 - 6 - > - >>
1 a 10 (Total: 96)
  • Entrar
  • Assinar