AbcMed  -  Gravidez
Gravidez - 18/05/22
Os gêmeos siameses, também chamados de xifópagos, são irmãos gêmeos que compartilham uma parte do corpo e que, por isso, nascem anatomicamente ligados um ao outro. O nascimento de gêmeos siameses é uma ocorrência extremamente rara, um pouco mais comum no sudoeste da Ásia e na África. Os bebês1 costumam ser ligados pelo tórax2, pela pelve3, pela cabeça4 ou pelas nádegas5.
1 Bebês: Lactentes. Inclui o período neonatal e se estende até 1 ano de idade (12 meses).
2 Tórax: Parte superior do tronco entre o PESCOÇO e o ABDOME; contém os principais órgãos dos sistemas circulatório e respiratório. (Tradução livre do original Sinônimos: Peito; Caixa Torácica
3 Pelve: 1. Cavidade no extremo inferior do tronco, formada pelos dois ossos do quadril (ossos ilíacos), sacro e cóccix; bacia. 2. Qualquer cavidade em forma de bacia ou taça (por exemplo, a pelve renal).
4 Cabeça:
5 Nádegas:
   [Mais...]

Gravidez - 25/02/22
O Centro Nacional de Estatísticas de Saúde1 dos Estados Unidos define a morte fetal como a morte do produto de concepção2 antes da expulsão completa ou extração de sua mãe, independentemente da duração da gravidez3, desde que a interrupção da gravidez3 não tenha sido induzida. Ou seja, a morte fetal em geral é inesperada e não desejada.
1 Saúde: 1. Estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e o seu ambiente, o qual mantém as características estruturais e funcionais do organismo dentro dos limites normais para sua forma de vida e para a sua fase do ciclo vital. 2. Estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar. 3. Brinde, saudação que se faz bebendo à saúde de alguém. 4. Força física; robustez, vigor, energia.
2 Concepção: O início da gravidez.
3 Gravidez: Condição de ter um embrião ou feto em desenvolvimento no trato reprodutivo feminino após a união de ovo e espermatozóide.
   [Mais...]

Gravidez - 17/02/22
A transmissão vertical é a passagem de uma infecção1 ou doença da mãe para o seu bebê. Nesse sentido, este contágio2 pode acontecer (1) durante a gestação (transmissão intrauterina); (2) durante o trabalho de parto, pelo contato pele3-a-pele3 ou com as secreções cérvico-vaginais ou sangue4 materno; (3) através da amamentação5.
1 Infecção: Doença produzida pela invasão de um germe (bactéria, vírus, fungo, etc.) em um organismo superior. Como conseqüência da mesma podem ser produzidas alterações na estrutura ou funcionamento dos tecidos comprometidos, ocasionando febre, queda do estado geral, e inúmeros sintomas que dependem do tipo de germe e da reação imunológica perante o mesmo.
2 Contágio: 1. Em infectologia, é a transmissão de doença de uma pessoa a outra, por contato direto ou indireto. 2. Na história da medicina, aplica-se a qualquer doença contagiosa. 3. No sentido figurado, é a transmissão de características negativas, de vícios, etc. ou então a reprodução involuntária de reação alheia.
3 Pele: Camada externa do corpo, que o protege do meio ambiente. Composta por DERME e EPIDERME.
4 Sangue: O sangue é uma substância líquida que circula pelas artérias e veias do organismo. Em um adulto sadio, cerca de 45% do volume de seu sangue é composto por células (a maioria glóbulos vermelhos, glóbulos brancos e plaquetas). O sangue é vermelho brilhante, quando oxigenado nos pulmões (nos alvéolos pulmonares). Ele adquire uma tonalidade mais azulada, quando perde seu oxigênio, através das veias e dos pequenos vasos denominados capilares.
5 Amamentação: Ato da nutriz dar o peito e o lactente mamá-lo diretamente. É um fenômeno psico-sócio-cultural. Dar de mamar a; criar ao peito; aleitar; lactar... A amamentação é uma forma de aleitamento, mas há outras formas.
   [Mais...]

Gravidez - 15/12/21
Dermatoses da gravidez1 são manifestações cutâneas2 fisiológicas3 ou patológicas específicas do período de gravidez1 ou alteradas por ele. De um modo geral, elas podem ser classificadas em três grupos principais: (1) dermatoses fisiológicas3 da gravidez1, (2) dermatoses alteradas pela gravidez1 e (3) dermatoses específicas da gravidez1.
1 Gravidez: Condição de ter um embrião ou feto em desenvolvimento no trato reprodutivo feminino após a união de ovo e espermatozóide.
2 Cutâneas: Que dizem respeito à pele, à cútis.
3 Fisiológicas: Relativo à fisiologia. A fisiologia é estudo das funções e do funcionamento normal dos seres vivos, especialmente dos processos físico-químicos que ocorrem nas células, tecidos, órgãos e sistemas dos seres vivos sadios.
   [Mais...]

Gravidez - 10/12/21
Uma gestação normal pode ser dividida em três fases: (1) fase germinal, que dura de 10 a 14 dias e envolve a concepção1 e a implantação do feto2 no útero3; (2) fase embrionária, que vai da segunda à oitava semana, quando se dá a formação dos órgãos e o desenvolvimento dos sistemas essenciais do corpo e (3) fase fetal, que vai da oitava semana até o parto e na qual ocorre principalmente o crescimento da criança. Assim, o crescimento intrauterino do feto2 se dá entre a 8ª semana de gestação, quando a maioria das estruturas orgânicas está formada, e o nascimento. No entanto, durante as últimas 20 semanas de gestação o feto2 ganha 95% de seu peso.
1 Concepção: O início da gravidez.
2 Feto: Filhote por nascer de um mamífero vivíparo no período pós-embrionário, depois que as principais estruturas foram delineadas. Em humanos, do filhote por nascer vai do final da oitava semana após a CONCEPÇÃO até o NASCIMENTO, diferente do EMBRIÃO DE MAMÍFERO prematuro.
3 Útero: Orgão muscular oco (de paredes espessas), na pelve feminina. Constituído pelo fundo (corpo), local de IMPLANTAÇÃO DO EMBRIÃO e DESENVOLVIMENTO FETAL. Além do istmo (na extremidade perineal do fundo), encontra-se o COLO DO ÚTERO (pescoço), que se abre para a VAGINA. Além dos istmos (na extremidade abdominal superior do fundo), encontram-se as TUBAS UTERINAS.
   [Mais...]

Gravidez - 11/10/21
O enjoo na gravidez1, também chamado de enjoo matinal, é um evento fisiológico2 normal muito comum na fase inicial da gravidez1. Embora ele não ocorra em todas as grávidas, pode acometer de 70% a 80% das gestantes durante o primeiro trimestre da gravidez1. Em algumas mulheres, ele é leve e rapidamente passageiro, e em outras ele é mais sério e persistente. Às vezes ele é tão grave a ponto de necessitar internação para repor os líquidos e eletrólitos3 perdidos pelos vômitos4 frequentes e abundantes.
1 Gravidez: Condição de ter um embrião ou feto em desenvolvimento no trato reprodutivo feminino após a união de ovo e espermatozóide.
2 Fisiológico: Relativo à fisiologia. A fisiologia é estudo das funções e do funcionamento normal dos seres vivos, especialmente dos processos físico-químicos que ocorrem nas células, tecidos, órgãos e sistemas dos seres vivos sadios.
3 Eletrólitos: Em eletricidade, é um condutor elétrico de natureza líquida ou sólida, no qual cargas são transportadas por meio de íons. Em química, é uma substância que dissolvida em água se torna condutora de corrente elétrica.
4 Vômitos: São a expulsão ativa do conteúdo gástrico pela boca. Podem ser classificados em: alimentar, fecalóide, biliar, em jato, pós-prandial. Sinônimo de êmese. Os medicamentos que agem neste sintoma são chamados de antieméticos.
   [Mais...]

Gravidez - 03/09/21
Um agente teratogênico1 é definido como qualquer substância, organismo, agente físico ou estado de deficiência que, estando presente durante a vida embrionária ou fetal, produz alteração na estrutura ou função do corpo do bebê em gestação. Hoje em dia, existe consenso de que o período de evolução gestacional é o mais susceptível a estes agentes.
1 Teratogênico: Agente teratogênico ou teratógeno é tudo aquilo capaz de produzir dano ao embrião ou feto durante a gravidez. Estes danos podem se refletir como perda da gestação, malformações ou alterações funcionais ou ainda distúrbios neurocomportamentais, como retardo mental.
   [Mais...]

Gravidez - 24/08/21
Os problemas que podem acontecer quando os bebês1 são expostos ao álcool podem ser agrupados e chamados de transtornos do espectro alcoólico fetal. Eles incluem problemas físicos, comportamentais e de aprendizagem. O tipo mais grave deles é a síndrome2 alcoólica fetal, uma condição que se verifica na criança quando a mãe consome álcool durante a gestação e que engloba uma série variada de defeitos inatos na criança.
1 Bebês: Lactentes. Inclui o período neonatal e se estende até 1 ano de idade (12 meses).
2 Síndrome: Conjunto de sinais e sintomas que se encontram associados a uma entidade conhecida ou não.
   [Mais...]

Gravidez - 22/07/21
Normalmente, os vasos sanguíneos1 que suprem o feto2 de oxigênio e nutrientes durante a gestação correm dentro do cordão umbilical3, protegidos pela Geleia de Wharton, uma substância mucosa4 que envolve os vasos do cordão, protegendo-os de quaisquer tipos de traumatismos. Vasa prévia é uma condição em que os vasos sanguíneos1 correm perto da abertura interna do colo do útero5, desprotegidos pelas membranas próprias do cordão umbilical3, ficando interpostos entre o orifício interno do colo6 e a apresentação fetal.
1 Vasos Sanguíneos: Qualquer vaso tubular que transporta o sangue (artérias, arteríolas, capilares, vênulas e veias).
2 Feto: Filhote por nascer de um mamífero vivíparo no período pós-embrionário, depois que as principais estruturas foram delineadas. Em humanos, do filhote por nascer vai do final da oitava semana após a CONCEPÇÃO até o NASCIMENTO, diferente do EMBRIÃO DE MAMÍFERO prematuro.
3 Cordão Umbilical: Estrutura flexível semelhante a corda, que conecta um FETO em desenvolvimento à PLACENTA, em mamíferos. O cordão contém vasos sanguíneos que transportam oxigênio e nutrientes da mãe ao feto e resíduos para longe do feto.
4 Mucosa: Tipo de membrana, umidificada por secreções glandulares, que recobre cavidades orgânicas em contato direto ou indireto com o meio exterior.
5 Colo do útero: Porção compreendendo o pescoço do ÚTERO (entre o ístmo inferior e a VAGINA), que forma o canal cervical.
6 Colo: O segmento do INTESTINO GROSSO entre o CECO e o RETO. Inclui o COLO ASCENDENTE; o COLO TRANSVERSO; o COLO DESCENDENTE e o COLO SIGMÓIDE.
   [Mais...]

Gravidez - 28/10/20
O tabagismo durante a gestação tem implicações que vão além dos prejuízos à saúde1 materna. Os malefícios sobre a saúde1 fetal são tantos que justificam dizer que o feto2 é um verdadeiro fumante ativo. Alguns números dão a dimensão do problema: 20% de fetos nascem com baixo peso, 8% dos partos se tornam prematuros e o fumo representa 5% de todas as mortes perinatais.
1 Saúde: 1. Estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e o seu ambiente, o qual mantém as características estruturais e funcionais do organismo dentro dos limites normais para sua forma de vida e para a sua fase do ciclo vital. 2. Estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar. 3. Brinde, saudação que se faz bebendo à saúde de alguém. 4. Força física; robustez, vigor, energia.
2 Feto: Filhote por nascer de um mamífero vivíparo no período pós-embrionário, depois que as principais estruturas foram delineadas. Em humanos, do filhote por nascer vai do final da oitava semana após a CONCEPÇÃO até o NASCIMENTO, diferente do EMBRIÃO DE MAMÍFERO prematuro.
   [Mais...]



Visualizar: Títulos | Resumos
  • Entrar
  • Receber conteúdos