Atalho: 5G6149E
Gostou do artigo? Compartilhe!

Cirurgia bariátrica. O que é isso?

A+ A- Alterar tamanho da letra
Avalie este artigo

O que é cirurgia bariátrica1?

Em alguns casos mais graves, as mudanças alimentares e a prática de atividades físicas são impossíveis de serem implementadas. Nestas situações, apenas uma intervenção médica mais efetiva, como a cirurgia bariática (cirurgia para redução do tamanho do estômago2), deve resolver o problema. A maioria desses casos são aqueles em que o índice de massa corporal3 (IMC4) atinge valores superiores a 40 kg/m².

Nestes obesos, os inúmeros tratamentos e a oscilação ponderal5, além do potencial genético, agravam o quadro clínico.

As doenças associadas à obesidade6  grau III (hipertensão arterial7 , artropatias, dislipidemias, diabetes8 , disfunções respiratórias, etc), geraram o termo “obesidade mórbida”, que deve ser abandonado.

 

Existe mais de um tipo de cirurgia bariátrica1?

Existem dois tipos de cirurgia bariátrica1. No primeiro, em que há redução do tamanho do estômago2, existem três variações denominadas: banda vertical ajustável, gastroplastia vertical, gastroplastia vertical com by-pass em y de Roux. Esta última, também chamada Capella ou Fobi-Capella, é a mais utilizada e foi desenvolvida por cirurgiões. Além da restrição causada pela diminuição do volume do estômago2, ocorre uma pequena disabsorção dos alimentos, porque eles deixam de passar pela primeira parte do intestino delgado9.

O segundo tipo é a cirurgia disabsortiva (ou Derivação bilio-pancreática), chamada de cirurgia de Scopinaro. Neste caso, o paciente terá mais liberdade de comer maior quantidade de alimentos, já que não há grande diminuição do estômago2, que fica com 2/3 do seu tamanho original. O que é feito aqui é um grande desvio do alimento, que vai para o intestino grosso10.

Cirurgia bariátrica

Estes pacientes submetidos à gastroplastia redutora devem ser acompanhados, recebendo orientações específicas para elaboração de uma dieta equilibrada. A adesão ao tratamento deverá ser avaliada, uma vez que pacientes instáveis psicologicamente podem recorrer a preparações de alta densidade calórica, de baixa qualidade nutricional, colocando em risco o sucesso da intervenção a longo prazo.

Existem contra-indicações para a realização desta cirurgia como, por exemplo, cirrose11  hepática12, algumas doenças renais e psiquiátricas graves, vícios (droga, alcoolismo) e disfunções hormonais. Todas devem ser avaliadas por profissionais com prática e conhecimento aprofundado neste assunto.

Em todos os casos você deverá, obrigatoriamente, ter pleno conhecimento das características, necessidades, riscos e limitações de cada cirurgia. Participe de reuniões com uma equipe multiprofissional e com pacientes já operados para poder ter certeza da sua decisão.

 

Quais os cuidados a serem tomados antes e após a cirurgia?

Os cuidados a serem tomados antes e após cada cirurgia vão depender de cada caso, mas no geral consistem em avaliações clínico-laboratoriais com exames de sangue13, radiografia de tórax14, ultra-sonografia e/ou tomografia do abdômen, avaliação cardiológica, endoscopia15  digestiva com pesquisa de H. Pylori e avaliação da função respiratória (mais aprofundada quanto mais obeso ou complicado seja o caso). Caso o paciente tenha alguma doença que necessite tratamento e controle prévio, a cirurgia será adiada até que se obtenha a melhor condição clínica.

Os obesos que passam por uma cirurgia bariátrica1 necessitam de orientação nutricional permamente para suplementar a dieta com compostos ricos em proteínas16, vitamina17  B12 e ferro. Cuidados especiais para evitar casos de desnutrição18  após a cirurgia também são necessários.

Após a cirurgia, o paciente já sai do hospital, em média, com menos dois quilos. Nos primeiros meses, a redução no peso chega ser de sete a oito quilos. Os pacientes com quadro de diabetes8  tipo 2 podem precisar reduzir ou interromper o uso de insulina19. A complicação mais difícil de ser tratada é a pressão arterial20. Ela demora mais a estabilizar e o paciente não interrompe o uso de medicamentos.

Todos os tipos de tratamento da obesidade6, do mais simples ao mais radical, exigem empenho e determinação. Será sempre necessário um suporte multiprofissional e a adequação da dieta às novas metas a serem alcançadas. Para garantir um bom nível de adesão e o sucesso terapêutico, sua motivação é essencial e pode ser auxiliada por orientações com embasamento técnico e científico de qualidade, ajudando na solução ou diminuição do problema.

ABCMED, 2008. Cirurgia bariátrica. O que é isso?. Disponível em: <https://www.abc.med.br/p/obesidade/22720/cirurgia+bariatrica+o+que+e+isso.htm>. Acesso em: 5 dez. 2019.
Nota ao leitor:
As notas acima são dirigidas principalmente aos leigos em medicina e têm por objetivo destacar os aspectos mais relevantes desse assunto e não visam substituir as orientações do médico, que devem ser tidas como superiores a elas. Sendo assim, elas não devem ser utilizadas para autodiagnóstico ou automedicação nem para subsidiar trabalhos que requeiram rigor científico.

Complementos

1 Cirurgia Bariátrica:
2 Estômago: Órgão da digestão, localizado no quadrante superior esquerdo do abdome, entre o final do ESÔFAGO e o início do DUODENO.
3 Índice de massa corporal: Medida usada para avaliar se uma pessoa está abaixo do peso, com peso normal, com sobrepeso ou obesa. É a medida mais usada na prática para saber se você é considerado obeso ou não. Também conhecido como IMC. É calculado dividindo-se o peso corporal em quilogramas pelo quadrado da altura em metros. Existe uma tabela da Organização Mundial de Saúde que classifica as medidas de acordo com o resultado encontrado.
4 IMC: Medida usada para avaliar se uma pessoa está abaixo do peso, com peso normal, com sobrepeso ou obesa. É a medida mais usada na prática para saber se você é considerado obeso ou não. Também conhecido como IMC. É calculado dividindo-se o peso corporal em quilogramas pelo quadrado da altura em metros. Existe uma tabela da Organização Mundial de Saúde que classifica as medidas de acordo com o resultado encontrado.
5 Ponderal: Relativo a peso, equilíbrio. Exemplos: Perda ponderal = perda de peso, emagrecimento. Ganho ponderal = ganho de peso.
6 Obesidade: Condição em que há acúmulo de gorduras no organismo além do normal, mais severo que o sobrepeso. O índice de massa corporal é igual ou maior que 30.
7 Hipertensão arterial: Aumento dos valores de pressão arterial acima dos valores considerados normais, que no adulto são de 140 milímetros de mercúrio de pressão sistólica e 85 milímetros de pressão diastólica.
8 Diabetes: Nome que designa um grupo de doenças caracterizadas por diurese excessiva. A mais frequente é o Diabetes mellitus, ainda que existam outras variantes (Diabetes insipidus) de doença nas quais o transtorno primário é a incapacidade dos rins de concentrar a urina.
9 Intestino delgado: O intestino delgado é constituído por três partes: duodeno, jejuno e íleo. A partir do intestino delgado, o bolo alimentar é transformado em um líquido pastoso chamado quimo. Com os movimentos desta porção do intestino e com a ação dos sucos pancreático e intestinal, o quimo é transformado em quilo, que é o produto final da digestão. Depois do alimento estar transformado em quilo, os produtos úteis para o nosso organismo são absorvidos pelas vilosidades intestinais, passando para os vasos sanguíneos.
10 Intestino grosso: O intestino grosso é dividido em 4 partes principais: ceco (cecum), cólon (ascendente, transverso, descendente e sigmoide), reto e ânus. Ele tem um papel importante na absorção da água (o que determina a consistência do bolo fecal), de alguns nutrientes e certas vitaminas. Mede cerca de 1,5 m de comprimento.
11 Cirrose: Substituição do tecido normal de um órgão (freqüentemente do fígado) por um tecido cicatricial fibroso. Deve-se a uma agressão persistente, infecciosa, tóxica ou metabólica, que produz perda progressiva das células funcionalmente ativas. Leva progressivamente à perda funcional do órgão.
12 Hepática: Relativa a ou que forma, constitui ou faz parte do fígado.
13 Sangue: O sangue é uma substância líquida que circula pelas artérias e veias do organismo. Em um adulto sadio, cerca de 45% do volume de seu sangue é composto por células (a maioria glóbulos vermelhos, glóbulos brancos e plaquetas). O sangue é vermelho brilhante, quando oxigenado nos pulmões (nos alvéolos pulmonares). Ele adquire uma tonalidade mais azulada, quando perde seu oxigênio, através das veias e dos pequenos vasos denominados capilares.
14 Tórax: Parte superior do tronco entre o PESCOÇO e o ABDOME; contém os principais órgãos dos sistemas circulatório e respiratório. (Tradução livre do original Sinônimos: Peito; Caixa Torácica
15 Endoscopia: Método no qual se visualiza o interior de órgãos e cavidades corporais por meio de um instrumento óptico iluminado.
16 Proteínas: Um dos três principais nutrientes dos alimentos. Alimentos que fornecem proteína incluem carne vermelha, frango, peixe, queijos, leite, derivados do leite, ovos.
17 Vitamina: Compostos presentes em pequenas quantidades nos diversos alimentos e nutrientes e que são indispensáveis para o desenvolvimento dos processos biológicos normais.
18 Desnutrição: Estado carencial produzido por ingestão insuficiente de calorias, proteínas ou ambos. Manifesta-se por distúrbios do desenvolvimento (na infância), atrofia de tecidos músculo-esqueléticos e caquexia.
19 Insulina: Hormônio que ajuda o organismo a usar glicose como energia. As células-beta do pâncreas produzem insulina. Quando o organismo não pode produzir insulna em quantidade suficiente, ela é usada por injeções ou bomba de insulina.
20 Pressão arterial: A relação que define a pressão arterial é o produto do fluxo sanguíneo pela resistência. Considerando-se a circulação como um todo, o fluxo total é denominado débito cardíaco, enquanto a resistência é denominada de resistência vascular periférica total.
Gostou do artigo? Compartilhe!

Tem alguma dúvida sobre Endocrinologia e Metabologia?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.

Comentários

01/05/2014 - Comentário feito por Stella
Boa tarde, eu fiz a cirurgia Bariatrica a tr&ec...
Boa tarde, eu fiz a cirurgia Bariatrica a três anos e eliminei setenta quilos, hoje vivo muito bem com disciplina e não engordei nada nos dois últimos anos, só fiquei com intolerância a açúcar, mas pra que açúcar se posso substituir .
Tenho uma dúvida minha mãe tem de DM tipo 2 , hipertensa , tem esmagamento de vértebras e problemas sérias de coluna devido ao aumento de peso e tem fibriomialgia , além de todos estes problemas fica muito difícil ela realizar atividades físicas pelo peso e as limitações ,ela queria fazer a cirurgia pois o seu tratamento pra DM e complicado e muito caro pois ela tem intolerância a metformina, a no caso dela possibilidade devido ao quadro dela de fazer a cirurgia slive

19/12/2013 - Comentário feito por ruia
Re: Cirurgia bariátrica. O que é isso?
estou guise terminando meus exa me pra fazer estou muito ansiosa também quero cora tudo bem

10/11/2013 - Comentário feito por maria
quanto tempo fica enternado após cirurgia
quanto tempo e a recuperação após cirurgia

15/09/2013 - Comentário feito por janaina
Re: Cirurgia bariátrica. O que é isso?
so fassam a cirurgia se tiver força de vontade propia galera naoa dianta fazer so porque estao mandando ou sua amiga fes e da certo sem esforço nao adianta e tem que emagrescer o pensamento primeiro porque a mente e fundamental conheco varias pessoas que nao emagresceram e nem sei como nao morreram porque comem demais mesmo apos a cirurgia e nao os quilis que perderam durante o periodo de internação ganharam em dobro . entao enco ntre dentreo de si a razao porque esta fazendo o processo e lento nao adianta pensar tambem que trinta dias depois vai estar num manequim 36 que jamais . eu emagresci 60 kilos com dieta perdendo de 3 a 5 kilos por mes to de boa ja minha amiga comelono de 120 da com 150 kilos apos cirurgia bariatrica meu segredo e encher a barrina com dois pes de alface sem tempero e so assim depois comer qualquer coisa eu ficava enjoada e nao conseguia comer muito no primeiro mes foram 10 kilos a menos no segundo 7:30 os demais entre 2 e 6 kilos por mes ate eu chegar aos 50 kilos

14/09/2013 - Comentário feito por vera
Re: Cirurgia bariátrica. O que é isso?
olá.....tenho 61 anos, peso 125 kg. me pergunte qual regime que não fiz nos últimos 31 anos, sou hipertensa tenho estenose,espondilo disco artrose, artrose avançada no joelho, hérnia discal múltipla, meu ortopedista me recomendou a cirurgia bariátrica, depois de muito correr pra fazer todos os exames e consultas com especialistas (cardiologista, nutricionista, endocrinologista e psicólogo) foi marcada a cirurgia para o dia 25 de setembro, to com muita fé, muito mas, muito animada mesmo, porque coloquei tudo nas mãos de Nosso Senhor Jesus Cristo, e sei que, "DEUS É FIEL".........logo contarei aqui como foi tudo ok?

12/08/2013 - Comentário feito por kika
Re: Cirurgia bariátrica. O que é isso?
nao achei nada que eu queria

11/07/2013 - Comentário feito por NORMAGARCIAFERREIRADECARVALHO
Re: Cirurgia bariátrica. O que é isso?
OI,ESTOU FAZENDO OS EXAMES PARA A BARIATRICA,ESTOU MUITO ANCIOSA PARA VER O ACONTECER,MAS CONFIANTE PQ O Q TEM SER,SERà.....HOJE TENHO 33 ANOS,E ESTOU PESANDO 145KG,Jà COM MUITAS DIFICULDADES,ENFERMIDADES ,MAS AINDA NO COMEÇO...
TENHO Fè NO MEU DEUS Q TUDO VAI DAR CERTO...

09/07/2013 - Comentário feito por ivone
Re: Cirurgia bariátrica. O que é isso?
Gostaria de saber quanto custa em média a cirurgia bariátrica?

07/07/2013 - Comentário feito por Rosi
Re: Cirurgia bariátrica. O que é isso?
Tenho 42 anos e peso 99 kg, me apavora me imaginar passando dos 3 dígitos...já tentei vários regimes mas com o passar dos anos venho ganhando peso progressivamente, gostaria de saber o custo aproximado de uma cirurgia bariátrica por vídeo. obrigada.

02/07/2013 - Comentário feito por luciana
Re: Cirurgia bariátrica. O que é isso?
olá,estou querendo saber mas sobre oque e cirurgia bariátrica,pq tenho 39anos tenho hojé 106,4kl e tenho 1,61 de altura,pq já fiz várias dietas e já tomei muitos rémedios,já tentei de tudo pra perde peso,quero saber qual o primeiro passo para fazer está cirurgia bariátrica.
desde já muito obrigada!

  • Entrar
  • Assinar