Atalho: 5IL003X
Gostou do artigo? Compartilhe!

Câncer de próstata. Quando agendar uma consulta?

A+ A- Alterar tamanho da letra
Avalie este artigo

A maioria dos tumores iniciais da próstata1 é assintomática. Há uma divergência entre as organizações médicas a respeito das recomendações sobre a prevenção para o câncer2 de próstata1. Não se sabe ao certo se estes exames realmente salvam vidas ao antecipar o diagnóstico3 deste tipo de tumor4. Uma consulta médica deve ser agendada para esclarecer com um clínico geral ou um urologista5 estas questões.

Quando agendar uma consulta médica?

Marque uma consulta com um clínico geral ou urologista5 caso você apresente qualquer sinal6, sintoma7 ou dúvida que o preocupe. Pergunte ao médico sobre os benefícios e os riscos do rastreamento clínico e dos exames complementares para o diagnóstico3 deste tumor4. Muitas organizações médicas divergem na conduta sobre as recomendações para a prevenção do câncer2 de próstata1, mas a maioria aconselha o rastreamento dos tumores para homens acima dos 50 anos. Discuta esta questão com o seu médico.

Preparando-se para uma consulta médica.

Se você está com algum sinal6 ou sintoma7 que o preocupa, prepare-se para a consulta. Caso um clínico geral suspeite de algum problema na sua próstata1, você será encaminhado para um especialista do trato urinário8 ou urologista5. Se o urologista5 achar necessário, ele o encaminhará para um oncologista (médico especialista em câncer2) ou a um radioterapeuta (médico especializado em tratamentos oncológicos com radioterapia9).

Algumas consultas podem ser breves e sempre há muito a esclarecer sobre o que você está sentindo, então é uma boa ideia se preparar para este momento.

Como estar pronto para o momento da consulta e o que esperar do médico?

A melhor maneira de se preparar para uma consulta é pensar o que pode ser antecipado.

  • Estar informado. No momento de agendar um horário, pergunte se há necessidade de algum preparo especial como, por exemplo, fazer alguma restrição na sua dieta ou reduzir as atividades físicas.
  • Escreva os sintomas10 que está sentindo, incluindo qualquer um que não pareça estar associado à razão principal do agendamento com o médico.
  • Faça uma lista das medicações que você usa, incluindo vitaminas ou suplementos alimentares.
  • Convide um amigo ou parente próximo para ir com você ao médico, se for possível. Algumas vezes pode ser difícil lembrar de tudo o que foi falado durante este encontro. Alguém que o acompanhe pode ajudá-lo a lembrar de informações importantes que você pode ter esquecido ou não ter absorvido.
  • Leve com você exames prévios e organize-os em ordem cronológica.

Escreva as perguntas que você gostaria de fazer ao médico.

O tempo da consulta médica geralmente é muito restrito, por isso preparar uma lista de questões vai ajudar a aproveitar ao máximo este momento. Faça a lista organizando-a da pergunta mais importante à menos importante. Algumas questões básicas sobre o câncer2 de próstata1 incluem:

  • Eu tenho câncer2 de próstata1?
  • De qual tamanho ele é?
  • O meu câncer2 na próstata1 está restrito à glândula11 ou está espalhado para outros órgãos?
  • Qual o meu nível de PSA? O que isso significa?
  • Eu preciso fazer outros exames?
  • Quais são as opções de tratamento?
  • Há um tratamento específico que você ache que é o mais indicado para o meu caso?
  • Eu preciso começar meu tratamento agora ou posso esperar para ver se o tumor4 vai crescer?
  • Quais são os potenciais efeitos colaterais12 de cada tratamento?
  • Quais são as chances do meu tumor4 ser curado com o tratamento?
  • Se você tivesse um parente ou amigo na mesma situação que eu estou, o que recomendaria?
  • Eu devo consultar algum outro especialista?
  • Há algum material impresso ou algum site de confiança no qual eu possa procurar mais informações a respeito do câncer2 de próstata1?

Além das perguntas que você preparou, não se intimide em esclarecer outras que aparecerem com o médico. Ele é a pessoa mais indicada para solucionar suas dúvidas.

ABCMED, 2010. Câncer de próstata. Quando agendar uma consulta?. Disponível em: <https://www.abc.med.br/p/saude-do-homem/63037/cancer-de-prostata-quando-agendar-uma-consulta.htm>. Acesso em: 18 fev. 2019.
Nota ao leitor:
As notas acima são dirigidas principalmente aos leigos em medicina e têm por objetivo destacar os aspectos mais relevantes desse assunto e não visam substituir as orientações do médico, que devem ser tidas como superiores a elas. Sendo assim, elas não devem ser utilizadas para autodiagnóstico ou automedicação nem para subsidiar trabalhos que requeiram rigor científico.

Complementos

1 Próstata: Glândula que (nos machos) circunda o colo da BEXIGA e da URETRA. Secreta uma substância que liquefaz o sêmem coagulado. Está situada na cavidade pélvica (atrás da parte inferior da SÍNFISE PÚBICA, acima da camada profunda do ligamento triangular) e está assentada sobre o RETO.
2 Câncer: Crescimento anormal de um tecido celular capaz de invadir outros órgãos localmente ou à distância (metástases).
3 Diagnóstico: Determinação de uma doença a partir dos seus sinais e sintomas.
4 Tumor: Termo que literalmente significa massa ou formação de tecido. É utilizado em geral para referir-se a uma formação neoplásica.
5 Urologista: Médico especializado em tratar pessoas com problemas no trato urinário e homens com problemas nos órgãos genitais, como impotência.
6 Sinal: 1. É uma alteração percebida ou medida por outra pessoa, geralmente um profissional de saúde, sem o relato ou comunicação do paciente. Por exemplo, uma ferida. 2. Som ou gesto que indica algo, indício. 3. Dinheiro que se dá para garantir um contrato.
7 Sintoma: Qualquer alteração da percepção normal que uma pessoa tem de seu próprio corpo, do seu metabolismo, de suas sensações, podendo ou não ser um indício de doença. O sintoma é a queixa relatada pelo paciente mas que só ele consegue perceber. Sintomas são subjetivos, sujeitos à interpretação pessoal. A variabilidade descritiva dos sintomas varia em função da cultura do indivíduo, assim como da valorização que cada pessoa dá às suas próprias percepções.
8 Trato Urinário:
9 Radioterapia: Método que utiliza diversos tipos de radiação ionizante para tratamento de doenças oncológicas.
10 Sintomas: Alterações da percepção normal que uma pessoa tem de seu próprio corpo, do seu metabolismo, de suas sensações, podendo ou não ser um indício de doença. Os sintomas são as queixas relatadas pelo paciente mas que só ele consegue perceber. Sintomas são subjetivos, sujeitos à interpretação pessoal. A variabilidade descritiva dos sintomas varia em função da cultura do indivíduo, assim como da valorização que cada pessoa dá às suas próprias percepções.
11 Glândula: Estrutura do organismo especializada na produção de substâncias que podem ser lançadas na corrente sangüínea (glândulas endócrinas) ou em uma superfície mucosa ou cutânea (glândulas exócrinas). A saliva, o suor, o muco, são exemplos de produtos de glândulas exócrinas. Os hormônios da tireóide, a insulina e os estrógenos são de secreção endócrina.
12 Efeitos colaterais: 1. Ação não esperada de um medicamento. Ou seja, significa a ação sobre alguma parte do organismo diferente daquela que precisa ser tratada pelo medicamento. 2. Possível reação que pode ocorrer durante o uso do medicamento, podendo ser benéfica ou maléfica.
Gostou do artigo? Compartilhe!

Tem alguma dúvida sobre Urologia?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.

Comentários

29/07/2010 - Comentário feito por marcos
Re: Câncer de próstata. Quando agendar uma consulta?
O diagnóstico definitivo de câncer de próstatata,só é feito após a análise criteriosa dos valores do PSA- um exame laboratorial indolor, porém fundamental, e exames por imagem como o ultra-som, na realidade recomenda-se repetir o PSA em intervalos convenientes de acordo com os resultados. outra patologia que acomete a próstata, e pode ser um fator de diminuição da qualidade de vida, é a HIPERTROFIA PROSTÁTICA BENIGNA- que só pode ser diagnosticada, estudando os exames acima citados, porém apresenta aumento da próstata de forma lenta e contínua se não for instituído tratamento rapidamente, a patologia tende a se tornar um caso cirúrgico, mesmo sendo de celularidade não neoplásica, exames serão solicitados para acompanhar a evolução do tratamento que é por medicamentos via oral,então sempre procure um especialista, não deixe para amanhã,problemas de próstata, podem ser bem diagnosticados e possuem tratamentos extemamente eficazes, ainda que se trate de um caso de neoplasia.

  • Entrar
  • Assinar
O AbcMed® é parte integrante da Plataforma HiDoctor® e é oferecido a você gratuitamente.