Gostou do artigo? Compartilhe!

Plástica de barriga ou abdominoplastia - quando fazer e quando não fazer?

A+ A- Alterar tamanho da letra
Avalie este artigo

Por que a plástica de barriga?

O nome científico da plástica na barriga é abdominoplastia1. Ela visa remover a flacidez e a gordura2 abdominais provenientes de causas variadas, para melhorar a forma e o tônus dos tecidos subjacentes. Na maioria dos casos, a simples retirada da gordura abdominal3 pode ser conseguida somente com a lipoaspiração, a não ser que haja muita flacidez da pele4. Este procedimento pode ser feito por uma razão estética ou reconstrutiva. Ele aplaina o abdômen, remove a gordura2 e a pele4 que estejam em excesso e ajusta os músculos5 da parede abdominal6.

Saiba mais sobre a "Abdominoplastia1" e a "Lipoaspiração".

Em que consiste a plástica de barriga?

Inicialmente, o médico irá examinar a paciente (quase sempre é uma mulher) e solicitar alguns exames para definir se ela está ou não apta para passar por essa cirurgia. O procedimento deve ser realizado num hospital, com anestesia7 geral ou raquidiana, podendo ser realizado em regime de hospital-dia, se de pequena monta. A internação é uma opção para pacientes8 que necessitam permanecer hospitalizados por um ou mais dias, em cirurgias de maior extensão.

Saiba como é a "Anestesia7 geral" e a "Raquianestesia".

O procedimento começa com o cirurgião plástico marcando a área a ser operada e o excesso de pele4 a ser removido. Em seguida, depois de a paciente ser anestesiada, é feita uma incisão9, geralmente idêntica à que é feita para a operação cesariana, a menos que haja muita flacidez, ocasiões em que tem de ser feito também um corte vertical.

Em alguns casos (se a mulher teve um parto recente ou se houve um emagrecimento rápido, por exemplo) os músculos5 reto10 abdominais encontram-se separados, sendo necessário uni-los por uma “costura”. Após isso, o cirurgião retirará o excesso de pele4 e reparará a cicatriz umbilical11, deslocando-a para seu local correto. Então, são feitos os curativos finais.

Os pontos podem ser retirados depois de 15 ou 20 dias. Depois da cirurgia, a paciente deve andar curvada e evitar esforços físicos por aproximadamente 20 ou 30 dias, para que a sutura12 não se rompa. Além disso, ela deve usar uma cinta compressiva abdominal por cerca de 60 dias. Os resultados definitivos e finais só poderão ser observados após três ou quatro meses.

Quando fazer ou não fazer a plástica de barriga?

A plástica de barriga é adequada tanto para homens e mulheres que estejam em boa forma física e peso estável. As mulheres que tiveram múltiplas gestações e que por isso têm flacidez abdominal podem usar esse procedimento para ajustar os músculos5 abdominais. A plástica de barriga também é uma alternativa para homens ou mulheres obesos que experimentaram grandes emagrecimentos e ainda têm depósitos de gordura2 excessivos ou pele4 solta na região abdominal. Contudo, o procedimento não deve ser utilizado como uma alternativa para a perda de peso.

Também, se uma mulher ainda planeja ter filhos deve adiar a plástica de barriga, porque a cirurgia aperta os músculos5 abdominais e futuras gestações podem separar estes músculos5 e causar uma hérnia13. Se o paciente estiver planejando perder muito peso, deve adiar a plástica de barriga até que seu peso se estabilize.

Veja também sobre "Quem pode ou não fazer abdominoplastia1", "Obesidade14", "Quatro atitudes para perder peso", "Hérnias15 abdominais", "Cálculo16 do IMC17" e "Gordura abdominal3".

Quais são as complicações possíveis da plástica de barriga?

Esta é uma cirurgia de grande porte e, como em qualquer cirurgia, podem ocorrer algumas complicações, embora elas não sejam frequentes: hematomas18, alterações de cicatrizes19, irregularidades nas paredes abdominais, infecções20 e seromas (acúmulo de líquido na região abdominal). É comum haver dor nos dias seguintes à cirurgia, a qual pode durar várias semanas ou meses.

O fumo pode aumentar o risco de complicações e atrasar a cura. Se o(a) paciente fuma, deve parar de fumar pelo menos duas semanas antes e duas semanas depois da cirurgia. Além disso, a plástica de barriga provoca cicatrizes19 no abdômen cujos sinais21 demoram muito a se atenuar.

Leia outros assuntos relacionados: "Seroma", "Parar de fumar", "Como medir a sua cintura?", "Atividade física" e "Termogênicos".

 

Referências:

As informações veiculadas neste texto foram extraídas em parte dos sites da Revista Brasileira de Cirurgia Plástica e da U.S. National Library of Medicine - National Institutes of Health.

ABCMED, 2016. Plástica de barriga ou abdominoplastia - quando fazer e quando não fazer?. Disponível em: <https://www.abc.med.br/p/exames-e-procedimentos/1274178/plastica-de-barriga-ou-abdominoplastia-quando-fazer-e-quando-nao-fazer.htm>. Acesso em: 25 out. 2021.
Nota ao leitor:
As notas acima são dirigidas principalmente aos leigos em medicina e têm por objetivo destacar os aspectos mais relevantes desse assunto e não visam substituir as orientações do médico, que devem ser tidas como superiores a elas. Sendo assim, elas não devem ser utilizadas para autodiagnóstico ou automedicação nem para subsidiar trabalhos que requeiram rigor científico.

Complementos

1 Abdominoplastia: Cirurgia plástica ou estética que remodela o abdome, retirando o excesso de tecido (pele e gordura) que se acumula abaixo do umbigo e ajustando a musculatura abdominal frouxa.
2 Gordura: Um dos três principais nutrientes dos alimentos. Os alimentos que fornecem gordura são: manteiga, margarina, óleos, nozes, carnes vermelhas, peixes, frango e alguns derivados do leite. O excesso de calorias é estocado no organismo na forma de gordura, fornecendo uma reserva de energia ao organismo.
3 Gordura Abdominal: Tecido gorduroso da região do ABDOME. Dela fazem parte as GORDURAS SUBCUTÂNEAS ABDOMINAL e a INTRA-ABDOMINAL
4 Pele: Camada externa do corpo, que o protege do meio ambiente. Composta por DERME e EPIDERME.
5 Músculos: Tecidos contráteis que produzem movimentos nos animais.
6 Parede Abdominal: Margem externa do ABDOME que se estende da cavidade torácica osteocartilaginosa até a PELVE. Embora sua maior parte seja muscular, a parede abdominal consiste em pelo menos sete camadas Músculos Abdominais;
7 Anestesia: Diminuição parcial ou total da sensibilidade dolorosa. Pode ser induzida por diferentes medicamentos ou ser parte de uma doença neurológica.
8 Para pacientes: Você pode utilizar este texto livremente com seus pacientes, inclusive alterando-o, de acordo com a sua prática e experiência. Conheça todos os materiais Para Pacientes disponíveis para auxiliar, educar e esclarecer seus pacientes, colaborando para a melhoria da relação médico-paciente, reunidos no canal Para Pacientes . As informações contidas neste texto são baseadas em uma compilação feita pela equipe médica da Centralx. Você deve checar e confirmar as informações e divulgá-las para seus pacientes de acordo com seus conhecimentos médicos.
9 Incisão: 1. Corte ou golpe com instrumento cortante; talho. 2. Em cirurgia, intervenção cirúrgica em um tecido efetuada com instrumento cortante (bisturi ou bisturi elétrico); incisura.
10 Reto: Segmento distal do INTESTINO GROSSO, entre o COLO SIGMÓIDE e o CANAL ANAL.
11 Cicatriz umbilical: Umbigo.
12 Sutura: 1. Ato ou efeito de suturar. 2. Costura que une ou junta partes de um objeto. 3. Na anatomia geral, é um tipo de articulação fibrosa, em que os ossos são mantidos juntos por várias camadas de tecido conjuntivo denso; comissura (ocorre apenas entre os ossos do crânio). 4. Na anatomia botânica, é uma linha de espessura variável que se forma na região de fusão dos bordos de um carpelo (ou de dois ou mais carpelos concrescentes). 5. Em cirurgia, ato ou efeito de unir os bordos de um corte, uma ferida, uma incisão, com agulha e linha especial, para promover a cicatrização. 6. Na morfologia zoológica, nos insetos, qualquer sulco externo semelhante a uma linha.
13 Hérnia: É uma massa circunscrita formada por um órgão (ou parte de um órgão) que sai por um orifício, natural ou acidental, da cavidade que o contém. Por extensão de sentido, excrescência, saliência.
14 Obesidade: Condição em que há acúmulo de gorduras no organismo além do normal, mais severo que o sobrepeso. O índice de massa corporal é igual ou maior que 30.
15 Hérnias: É uma massa circunscrita formada por um órgão (ou parte de um órgão) que sai por um orifício, natural ou acidental, da cavidade que o contém. Por extensão de sentido, excrescência, saliência.
16 Cálculo: Formação sólida, produto da precipitação de diferentes substâncias dissolvidas nos líquidos corporais, podendo variar em sua composição segundo diferentes condições biológicas. Podem ser produzidos no sistema biliar (cálculos biliares) e nos rins (cálculos renais) e serem formados de colesterol, ácido úrico, oxalato de cálcio, pigmentos biliares, etc.
17 IMC: Medida usada para avaliar se uma pessoa está abaixo do peso, com peso normal, com sobrepeso ou obesa. É a medida mais usada na prática para saber se você é considerado obeso ou não. Também conhecido como IMC. É calculado dividindo-se o peso corporal em quilogramas pelo quadrado da altura em metros. Existe uma tabela da Organização Mundial de Saúde que classifica as medidas de acordo com o resultado encontrado.
18 Hematomas: Acúmulo de sangue em um órgão ou tecido após uma hemorragia.
19 Cicatrizes: Formação de um novo tecido durante o processo de cicatrização de um ferimento.
20 Infecções: Doença produzida pela invasão de um germe (bactéria, vírus, fungo, etc.) em um organismo superior. Como conseqüência da mesma podem ser produzidas alterações na estrutura ou funcionamento dos tecidos comprometidos, ocasionando febre, queda do estado geral, e inúmeros sintomas que dependem do tipo de germe e da reação imunológica perante o mesmo.
21 Sinais: São alterações percebidas ou medidas por outra pessoa, geralmente um profissional de saúde, sem o relato ou comunicação do paciente. Por exemplo, uma ferida.
Gostou do artigo? Compartilhe!

Tem alguma dúvida sobre Cirurgia Plástica?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.