Atalho: 6Q9A5GV
Gostou do artigo? Compartilhe!

Doppler: como é este exame? Para que serve?

A+ A- Alterar tamanho da letra
Avalie este artigo

O que é Doppler?

O doppler é uma das modalidades da ultrassonografia1. A ultrassonografia1 é um método de produzir, em tempo real, imagens em movimento das estruturas e órgãos do corpo, graças ao efeito Doppler, descoberto em 1852 pelo físico austríaco Johann Christian Andreas Doppler. Segundo ele, há uma alteração da frequência nas ondas (sonoras ou outras) percebidas pelo observador em virtude da aproximação ou afastamento entre ele e a fonte sonora. A ciência conseguiu transformar essa descoberta em imagens e utilizá-la na Medicina. Hoje pode-se obter imagens que permitem determinar o sentido e a velocidade de circulação2 do sangue3 nos vasos sanguíneos4 e nas cavidades cardíacas. O sentido do fluxo sanguíneo é mapeado nas cores azul e vermelha, conforme o sentido de circulação2 do sangue3. O exame chamado doppler passou então a ser um inestimável auxílio no estudo da circulação2, sendo empregado não só no diagnóstico5 e acompanhamento de doenças, mas também na área da obstetrícia para seguimento e avaliação da gestante e do bebê. O procedimento pode ser empregado em qualquer porção circulatória, mas seu uso tem sido mais frequente na análise da circulação2 nas carótidas6.

Em que consiste o exame?

O paciente deve estar deitado em uma maca. O exame é feito por meio de um aparelho semelhante a uma lanterna, deslizado manualmente sobre a pele7, o qual emite ondas sonoras inaudíveis pelo ouvido humano que são captadas de volta como ecos emitidos pelas hemácias8 e transformadas em imagens. Um gel é aplicado sobre a região a ser examinada para permitir melhor contato e deslizamento do aparelho. O exame dura de 30 a 60 minutos, tem grande precisão diagnóstica, é indolor e pode ser repetido inúmeras vezes, permitindo um acompanhamento minucioso da evolução ou dos resultados terapêuticos de muitos quadros patológicos.

O exame geralmente é feito por um médico especialista em ultrassonografia1 e, em geral, não exige nenhum preparo prévio ou, no máximo, um jejum de algumas horas, conforme o tipo de exame.

Para que serve o exame?

O doppler fornece imagens dinâmicas, em tempo real, da rede vascular9 e do fluxo sanguíneo de diversas partes do corpo, sem usar nenhuma radiação e sem apresentar efeitos colaterais10, possibilitando e contribuindo para o diagnóstico5 de várias patologias. Na gestação, o exame ajuda a determinar se os principais órgãos do feto11 estão sendo bem irrigados e com oxigenação normal, além de avaliar a circulação2 do cordão umbilical12 e do coração13.

Alguns exemplos de exames com o Doppler

  • Ultrassonografia1 com Doppler de abdome14
  • Ultrassonografia1 com Doppler de carótidas6 e vertebrais
  • Ultrassonografia1 com Doppler de outras artérias15 e veias16
  • Ultrassonografia1 com Doppler da bolsa escrotal
  • Ultrassonografia1 com Doppler de globos oculares
  • Ultrassonografia1 com Doppler de mamas17
  • Ultrassonografia1 com Doppler da região pélvica18, masculina ou feminina
  • Ultrassonografia1 com Doppler transretal ou transvaginal
  • Ultrassonografia1 com Doppler das vias urinárias
  • Ultrassonografia1 com Doppler do sistema porta19
  • Ultrassonografia1 com Doppler da tireoide20 
ABCMED, 2012. Doppler: como é este exame? Para que serve?. Disponível em: <https://www.abc.med.br/p/exames-e-procedimentos/327855/doppler-como-e-este-exame-para-que-serve.htm>. Acesso em: 18 dez. 2018.
Nota ao leitor:
As notas acima são dirigidas principalmente aos leigos em medicina e têm por objetivo destacar os aspectos mais relevantes desse assunto e não visam substituir as orientações do médico, que devem ser tidas como superiores a elas. Sendo assim, elas não devem ser utilizadas para autodiagnóstico ou automedicação nem para subsidiar trabalhos que requeiram rigor científico.

Complementos

1 Ultrassonografia: Ultrassonografia ou ecografia é um exame complementar que usa o eco produzido pelo som para observar em tempo real as reflexões produzidas pelas estruturas internas do organismo (órgãos internos). Os aparelhos de ultrassonografia utilizam uma frequência variada, indo de 2 até 14 MHz, emitindo através de uma fonte de cristal que fica em contato com a pele e recebendo os ecos gerados, os quais são interpretados através de computação gráfica.
2 Circulação: 1. Ato ou efeito de circular. 2. Facilidade de se mover usando as vias de comunicação; giro, curso, trânsito. 3. Movimento do sangue, fluxo de sangue através dos vasos sanguíneos do corpo e do coração.
3 Sangue: O sangue é uma substância líquida que circula pelas artérias e veias do organismo. Em um adulto sadio, cerca de 45% do volume de seu sangue é composto por células (a maioria glóbulos vermelhos, glóbulos brancos e plaquetas). O sangue é vermelho brilhante, quando oxigenado nos pulmões (nos alvéolos pulmonares). Ele adquire uma tonalidade mais azulada, quando perde seu oxigênio, através das veias e dos pequenos vasos denominados capilares.
4 Vasos Sanguíneos: Qualquer vaso tubular que transporta o sangue (artérias, arteríolas, capilares, vênulas e veias).
5 Diagnóstico: Determinação de uma doença a partir dos seus sinais e sintomas.
6 Carótidas: Artérias originadas a partir da aorta torácica ou a partir de um dos seus ramos principais, encarregadas de conduzir o maior volume sangüíneo para as estruturas do crânio.Estão dispostas de cada lado do pescoço (carótidas externas), que a seguir ramifica-se em várias artérias e unem-se aos troncos arteriais derivados do circuito cerebral posterior, através dos ramos comunicantes posteriores.
7 Pele: Camada externa do corpo, que o protege do meio ambiente. Composta por DERME e EPIDERME.
8 Hemácias: Também chamadas de glóbulos vermelhos, eritrócitos ou células vermelhas. São produzidas no interior dos ossos a partir de células da medula óssea vermelha e estão presentes no sangue em número de cerca de 4,5 a 6,5 milhões por milímetro cúbico, em condições normais.
9 Vascular: Relativo aos vasos sanguíneos do organismo.
10 Efeitos colaterais: 1. Ação não esperada de um medicamento. Ou seja, significa a ação sobre alguma parte do organismo diferente daquela que precisa ser tratada pelo medicamento. 2. Possível reação que pode ocorrer durante o uso do medicamento, podendo ser benéfica ou maléfica.
11 Feto: Filhote por nascer de um mamífero vivíparo no período pós-embrionário, depois que as principais estruturas foram delineadas. Em humanos, do filhote por nascer vai do final da oitava semana após a CONCEPÇÃO até o NASCIMENTO, diferente do EMBRIÃO DE MAMÍFERO prematuro.
12 Cordão Umbilical: Estrutura flexível semelhante a corda, que conecta um FETO em desenvolvimento à PLACENTA, em mamíferos. O cordão contém vasos sanguíneos que transportam oxigênio e nutrientes da mãe ao feto e resíduos para longe do feto.
13 Coração: Órgão muscular, oco, que mantém a circulação sangüínea.
14 Abdome: Região do corpo que se localiza entre o TÓRAX e a PELVE.
15 Artérias: Os vasos que transportam sangue para fora do coração.
16 Veias: Vasos sangüíneos que levam o sangue ao coração.
17 Mamas: Em humanos, uma das regiões pareadas na porção anterior do TÓRAX. As mamas consistem das GLÂNDULAS MAMÁRIAS, PELE, MÚSCULOS, TECIDO ADIPOSO e os TECIDOS CONJUNTIVOS.
18 Pélvica: Relativo a ou próprio de pelve. A pelve é a cavidade no extremo inferior do tronco, formada pelos dois ossos do quadril (ilíacos), sacro e cóccix; bacia. Ou também é qualquer cavidade em forma de bacia ou taça (por exemplo, a pelve renal).
19 Sistema Porta: Sistema de vasos pelos quais o sangue, após percorrer uma rede capilar, é transportado através de um segundo grupo de capilares antes de retornar à circulação sistêmica. Pertence principalmente ao sistema porta hepático.
20 Tireoide: Glândula endócrina altamente vascularizada, constituída por dois lobos (um em cada lado da TRAQUÉIA) unidos por um feixe de tecido delgado. Secreta os HORMÔNIOS TIREOIDIANOS (produzidos pelas células foliculares) e CALCITONINA (produzida pelas células para-foliculares), que regulam o metabolismo e o nível de CÁLCIO no sangue, respectivamente.
Gostou do artigo? Compartilhe!

Tem alguma dúvida sobre Angiologia?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.

Comentários

17/10/2017 - Comentário feito por Cássio
Como os demais comentários, eu tamb&eacu...
Como os demais comentários, eu também gostei muito da forma simples e esclarecedora que vocês tratam nossas dúvidas. Parabéns!

09/10/2013 - Comentário feito por gleide
Re: Doppler: como é este exame? Para que serve?
vcs são maravilhosos!

03/10/2013 - Comentário feito por Maria
Re: Doppler: como é este exame? Para que serve?
Amanhã vou fazer esse exame da tireoide, vendo as explicações fiquei tranquila, e que DEUS me ajude, parabéns e obrigado

16/07/2013 - Comentário feito por Tatiana
Re: Doppler: como é este exame? Para que serve?
Ótima explicação,fiquei muito satisfeita e entendi perfeitamente parabéns.

  • Entrar
  • Assinar
O AbcMed® é parte integrante da Plataforma HiDoctor® e é oferecido a você gratuitamente.