Atalho: 6BI4PUU
Gostou do artigo? Compartilhe!

Frutose não é só o açúcar das frutas: o que é? Faz mal à saúde? Como evitar?

A+ A- Alterar tamanho da letra
Avalie este artigo

O que é a frutose1?

A frutose1 é um tipo de açúcar2 que está em vários produtos que consumimos: ketchup, refrigerantes, bebidas energéticas, cereais, biscoitos, bolos, sorvetes, pães etc. Muitos acreditam que ela é o açúcar2 das frutas. Parte disto é verdade, mas a frutose1 presente em alimentos processados3 é derivada do milho e não das frutas.

A frutose1 é um dos principais açúcares das frutas, alguns outros presentes em maior quantidade são a sacarose e a glicose4.

Aquela frutose1 que vemos nos rótulos dos alimentos processados3 é derivada do milho: é um xarope de milho. Os produtores de alimentos processados3 estão adoçando muito aquilo que comemos com grandes quantidades desta frutose1 derivada do milho, que, por seu lado, muitas vezes é geneticamente modificado.

Quais as consequências da ingestão exagerada de frutose1 para a saúde5?

O excesso de xarope de milho nos alimentos significa a ingestão de calorias6 extra e consequentemente leva a um ganho de peso indesejável. Estes quilos a mais também podem estar associados a problemas de saúde5 como aumento da pressão arterial7, diabetes mellitus8 e síndrome metabólica9.

Como faço para reduzir a ingestão de açúcar2?

A melhor maneira de reduzir a ingestão de xarope de milho e outros tipos de açúcar2 adicionados aos alimentos industrializados10 é prestar atenção à embalagem dos produtos e seus rótulos com tabelas de composição dos alimentos e calorias6 ingeridas. Os açúcares adicionados aos alimentos aparecem nos rótulos com os nomes: xarope de milho, frutose1, sacarose, glicose4, adoçante de milho, levulose, mel e dextrose11.

O ideal é limitar a ingestão desses ingredientes e manter o consumo de açúcar2 proveniente de frutas naturais. Assim, além de consumir um tipo de açúcar2 mais puro, você também aumenta a ingestão de fibras e antioxidantes.

As recomendações da American Heart Association para a adição de açúcar2 são: não mais do que 100 calorias6 ao dia para açúcares adicionados a alimentos, para a maioria das mulheres, e não mais do que 150 calorias6 por dia para a maioria dos homens.

Na prática, o que fazer para reduzir a ingestão de alimentos adocicados artificialmente?

  • Reduza bastante ou elimine o uso de refrigerantes.
  • Não compre doces enlatados em supermercados. Se você não quer ficar sem os doces, dê preferência aos doces caseiros preparados com frutas naturais e adoçados com pouca quantidade de açúcar2.
  • Barras de cereais podem ter alto teor de xarope de milho entre os grãos. Evite o consumo deste tipo de alimento. Existem opções no mercado com baixo teor de açúcar2 ou mesmo isentas de adição de açúcar2.
  • Geleias de frutas: prefira aquelas adoçadas com suco de uva concentrado.
  • Não exagere na ingestão de ketchup, molho para saladas industrializado, molho para churrasco, sopas empacotadas. Esses alimentos têm alto teor de açúcar2 adicionado.
  • Evite os iogurtes com frutas no fundo. O xarope de milho é usado para preparar essas "geleias de frutas" que ficam no fundo do pote. Prefira iogurtes desnatados e de baixa caloria12.
  • Lanchonetes e restaurantes que servem lanches rápidos (os conhecidos fast-foods) geralmente servem produtos com muito açúcar2 e sódio, o que não é nada bom para a saúde5.
  • Aumente a ingestão de frutas frescas.
  • Quando for comer chocolate, escolha os meio amargos ou amargos, com maior concentração de cacau.
  • Olhe sempre os rótulos dos alimentos que você coloca dentro da sua casa.
ABCMED, 2012. Frutose não é só o açúcar das frutas: o que é? Faz mal à saúde? Como evitar?. Disponível em: <https://www.abc.med.br/p/vida-saudavel/260025/frutose-nao-e-so-o-acucar-das-frutas-o-que-e-faz-mal-a-saude-como-evitar.htm>. Acesso em: 16 jan. 2019.
Nota ao leitor:
As notas acima são dirigidas principalmente aos leigos em medicina e têm por objetivo destacar os aspectos mais relevantes desse assunto e não visam substituir as orientações do médico, que devem ser tidas como superiores a elas. Sendo assim, elas não devem ser utilizadas para autodiagnóstico ou automedicação nem para subsidiar trabalhos que requeiram rigor científico.

Complementos

1 Frutose: Açúcar encontrado naturalmente em frutas e mel. A frutose encontrada em alimentos processados é derivada do milho. Contém quatro calorias por grama.
2 Açúcar: 1. Classe de carboidratos com sabor adocicado, incluindo glicose, frutose e sacarose. 2. Termo usado para se referir à glicemia sangüínea.
3 Alimentos processados: São aqueles que passam por processamento industrial (larga escala) ou doméstico, contendo elementos químicos. Este processo de transformação, mesmo que caseiro, é percebido como menos saudável que o natural. Geralmente estes produtos sofrem junção com outro tipo de produto, como conservantes, ou alterações em sua temperatura. Exemplo: qualquer produto enlatado, engarrafado ou embutidos.
4 Glicose: Uma das formas mais simples de açúcar.
5 Saúde: 1. Estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e o seu ambiente, o qual mantém as características estruturais e funcionais do organismo dentro dos limites normais para sua forma de vida e para a sua fase do ciclo vital. 2. Estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar. 3. Brinde, saudação que se faz bebendo à saúde de alguém. 4. Força física; robustez, vigor, energia.
6 Calorias: Dizemos que um alimento tem “x“ calorias, para nos referirmos à quantidade de energia que ele pode fornecer ao organismo, ou seja, à energia que será utilizada para o corpo realizar suas funções de respiração, digestão, prática de atividades físicas, etc.
7 Pressão arterial: A relação que define a pressão arterial é o produto do fluxo sanguíneo pela resistência. Considerando-se a circulação como um todo, o fluxo total é denominado débito cardíaco, enquanto a resistência é denominada de resistência vascular periférica total.
8 Diabetes mellitus: Distúrbio metabólico originado da incapacidade das células de incorporar glicose. De forma secundária, podem estar afetados o metabolismo de gorduras e proteínas.Este distúrbio é produzido por um déficit absoluto ou relativo de insulina. Suas principais características são aumento da glicose sangüínea (glicemia), poliúria, polidipsia (aumento da ingestão de líquidos) e polifagia (aumento da fome).
9 Síndrome metabólica: Tendência de várias doenças ocorrerem ao mesmo tempo. Incluindo obesidade, resistência insulínica, diabetes ou pré-diabetes, hipertensão e hiperlipidemia.
10 Alimentos industrializados: São aqueles que passam por processamento industrial (larga escala) ou doméstico, contendo elementos químicos. Este processo de transformação, mesmo que caseiro, é percebido como menos saudável que o natural. Geralmente estes produtos sofrem junção com outro tipo de produto, como conservantes, ou alterações em sua temperatura. Exemplo: qualquer produto enlatado, engarrafado ou embutidos.
11 Dextrose: Também chamada de glicose. Açúcar encontrado no sangue que serve como principal fonte de energia do organismo.
12 Caloria: Dizemos que um alimento tem “x“ calorias, para nos referirmos à quantidade de energia que ele pode fornecer ao organismo, ou seja, à energia que será utilizada para o corpo realizar suas funções de respiração, digestão, prática de atividades físicas, etc. Carboidratos, proteínas, gorduras e álcool fornecem calorias na dieta. Carboidratos e proteínas têm 4 calorias em cada grama, gorduras têm 9 calorias por grama e álcool têm 7 calorias por grama.
Gostou do artigo? Compartilhe!

Tem alguma dúvida sobre Clínica Médica?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.

Comentários

02/04/2016 - Comentário feito por jorge
DE TANTO LER SOBRE AÇÚCAR COM SUA...
DE TANTO LER SOBRE AÇÚCAR COM SUAS DIVERSAS DENOMINAÇÕES, ACABEI FICANDO ASSIM: !!#@$¨%&*?/:(?!)=+&-?

04/04/2014 - Comentário feito por Genivaldo
Re: Frutose não é só o açúcar das frutas: o que é? Faz mal à saúde? Como evitar?
Sou diabético fiquei muito satisfeito com a matéria lida tirei minhas duvidas, parabéns.

21/01/2013 - Comentário feito por jose
Re: Frutose não é só o açúcar das frutas: o que é? Faz mal à saúde? Como evitar?
estou a ler o livro O fim da comida de Paul Roberts que confirma o que se diz acima e ainda que as empresas de fast food estão a contratar os advovados que defenderam em tribunal que o tabaco era inofensivo

02/01/2013 - Comentário feito por rodney
Re: Frutose não é só o açúcar das frutas: o que é? Faz mal à saúde? Como evitar?
Ótimo artigo. Já havia alertado muitas pessoas sobre os adoçantes. Parabéns.

13/02/2012 - Comentário feito por maria
Re: Frutose não é só o açúcar das frutas: o que é? Faz mal à saúde? Como evitar?
parabens o artigo é bastante educativo e ajuda bastante principalmente aos diabeticos que com certeza vai ajudar bastante na questão do tempo nas prateleiras dos super mercados. obgd

  • Entrar
  • Assinar
O AbcMed® é parte integrante da Plataforma HiDoctor® e é oferecido a você gratuitamente.