Gostou do artigo? Compartilhe!

Banho frio faz bem?

A+ A- Alterar tamanho da letra
Avalie este artigo

O banho frio é benéfico para a saúde1

Tomar banho diariamente é um hábito de higiene e saúde1 que quase todas as pessoas praticam. Geralmente as pessoas preferem tomar banho com água morna ou quente, pois é mais agradável e mais relaxante. Isso, no entanto, não é o mais recomendável. Tem sido demonstrado que a água fria é mais benéfica para a pele2 e para várias funções do organismo. Alguns advogam que o banho gelado é ainda mais benéfico.

Quais são os benefícios do banho frio?

Embora o banho frio possa ser desagradável para a pessoa que o toma pelas primeiras vezes, há pessoas tão acostumadas com ele que chegam a preferi-lo ao banho quente. Seus benefícios para a saúde1 são vários:

  • Estimula o sistema imune3 e assim, ao receber este benefício, o organismo responderá melhor contra as infecções4.
  • Quando se toma banho com água fria, a pele2 tende a conservar sua firmeza e elasticidade5. Já a água quente torna a pele2 flácida e favorece a aparição de rugas mais precoces.
  • O banho frio melhora a circulação6 e ajuda a distribuir melhor o oxigênio e os nutrientes em todo o organismo.
  • Evita as varizes7 ao melhorar a circulação6 e provocar a contração vascular8. Descongestiona os órgãos internos, já que ao provocar contração vascular8, ajuda as toxinas9 e as impurezas fluírem para os poros para serem liberados.
  • Alivia o estresse e a ansiedade.
  • Desperta o organismo, ativa os diversos sistemas fisiológicos e põe o corpo em estado de alerta.
  • Possui um efeito diurético10 e depurativo do organismo, evitando assim a formação de nódulos de gordura11.
  • Previne a depressão, pois tomar banho com água fria estimula uma parte do cérebro12 que se encarrega de ajudar as pessoas a se sentirem mais felizes.
  • Evita a sequidão do cabelo13 e previne a seborreia14 (caspa) e a queda do cabelo13.
  • Nos homens, o banho frio aumenta os níveis de testosterona. E aumenta a fertilidade, elevando a contagem de esperma15 nos homens.
  • A alternância de frio e quente durante o banho ajuda a drenar o sistema linfático16, bombeando o líquido estagnado nos vasos linfáticos e defendendo o corpo contra as infecções4 indesejadas.
  • O banho frio ajuda na recuperação muscular de atletas após um treino intenso.
  • Além disso, o banho frio demonstra uma enorme força de vontade e, com o tempo, esta força mental e disciplina se espraiarão para outras áreas da vida. 
Saiba mais sobre "Rugas", "Estresse", "Ansiedade", "Depressão" e "Dermatite seborreica17".

Ademais, no corpo humano18 existem dois tipos de gordura11: a gordura11 marrom (boa), que é responsável por gerar calor e manter o corpo aquecido, e a gordura11 branca (má), que é a gordura11 corporal que gera ganho de peso. O banho frio ativa os efeitos da gordura11 marrom, resultando em um aumento no gasto de energia para manter o corpo aquecido, consequentemente aumentando o gasto de calorias19. Isto ajuda a emagrecer.

O banho frio (ou morno) é também usado por vezes como recurso terapêutico momentâneo para baixar uma temperatura corporal muito elevada e evitar, dessa maneira, uma possível convulsão20.

Dicas para se acostumar com o banho frio

A primeira vez que a pessoa entrar de baixo de uma ducha fria, provavelmente não será capaz de pensar direito ou de respirar e terá tendência a sair dela rapidamente. No entanto, depois de alguns dias estará acostumado e não mais se sentirá assim. A melhor recomendação é começar o banho com água morna e ir baixando gradualmente a temperatura da água, de tal modo que a mudança não seja tão brusca.

A pessoa não precisa começar direto com a água fria, ela pode entrar no banho com a água quente e torná-la fria apenas nos últimos 3 minutos. Com o passar dos dias, pode-se passar progressivamente de uma temperatura morna para uma mais fria. No inverno, deve-se manter o hábito de água fria. Nesta época pode ser um pouco mais custoso manter o banho frio, mas é muito importante não interromper o hábito. 

Leia também: "Envelhecimento saudável", "Atividade física", "Alimentação saudável" e "Exercite seu cérebro12".

 

ABCMED, 2017. Banho frio faz bem?. Disponível em: <https://www.abc.med.br/p/vida-saudavel/1298798/banho+frio+faz+bem.htm>. Acesso em: 15 nov. 2019.
Nota ao leitor:
As notas acima são dirigidas principalmente aos leigos em medicina e têm por objetivo destacar os aspectos mais relevantes desse assunto e não visam substituir as orientações do médico, que devem ser tidas como superiores a elas. Sendo assim, elas não devem ser utilizadas para autodiagnóstico ou automedicação nem para subsidiar trabalhos que requeiram rigor científico.

Complementos

1 Saúde: 1. Estado de equilíbrio dinâmico entre o organismo e o seu ambiente, o qual mantém as características estruturais e funcionais do organismo dentro dos limites normais para sua forma de vida e para a sua fase do ciclo vital. 2. Estado de boa disposição física e psíquica; bem-estar. 3. Brinde, saudação que se faz bebendo à saúde de alguém. 4. Força física; robustez, vigor, energia.
2 Pele: Camada externa do corpo, que o protege do meio ambiente. Composta por DERME e EPIDERME.
3 Sistema imune: Sistema de defesa do organismo contra infecções e outros ataques de micro-organismos que enfraquecem o nosso corpo.
4 Infecções: Doença produzida pela invasão de um germe (bactéria, vírus, fungo, etc.) em um organismo superior. Como conseqüência da mesma podem ser produzidas alterações na estrutura ou funcionamento dos tecidos comprometidos, ocasionando febre, queda do estado geral, e inúmeros sintomas que dependem do tipo de germe e da reação imunológica perante o mesmo.
5 Elasticidade: 1. Propriedade de um corpo sofrer deformação, quando submetido à tração, e retornar parcial ou totalmente à forma original. 2. Flexibilidade, agilidade física. 3. Ausência de senso moral.
6 Circulação: 1. Ato ou efeito de circular. 2. Facilidade de se mover usando as vias de comunicação; giro, curso, trânsito. 3. Movimento do sangue, fluxo de sangue através dos vasos sanguíneos do corpo e do coração.
7 Varizes: Dilatação anormal de uma veia. Podem ser dolorosas ou causar problemas estéticos quando são superficiais como nas pernas. Podem também ser sede de trombose, devido à estase sangüínea.
8 Vascular: Relativo aos vasos sanguíneos do organismo.
9 Toxinas: Substâncias tóxicas, especialmente uma proteína, produzidas durante o metabolismo e o crescimento de certos microrganismos, animais e plantas, capazes de provocar a formação de anticorpos ou antitoxinas.
10 Diurético: Grupo de fármacos que atuam no rim, aumentando o volume e o grau de diluição da urina. Eles depletam os níveis de água e cloreto de sódio sangüíneos. São usados no tratamento da hipertensão arterial, insuficiência renal, insuficiência cardiaca ou cirrose do fígado. Há dois tipos de diuréticos, os que atuam diretamente nos túbulos renais, modificando a sua atividade secretora e absorvente; e aqueles que modificam o conteúdo do filtrado glomerular, dificultando indiretamente a reabsorção da água e sal.
11 Gordura: Um dos três principais nutrientes dos alimentos. Os alimentos que fornecem gordura são: manteiga, margarina, óleos, nozes, carnes vermelhas, peixes, frango e alguns derivados do leite. O excesso de calorias é estocado no organismo na forma de gordura, fornecendo uma reserva de energia ao organismo.
12 Cérebro: Derivado do TELENCÉFALO, o cérebro é composto dos hemisférios direito e esquerdo. Cada hemisfério contém um córtex cerebral exterior e gânglios basais subcorticais. O cérebro inclui todas as partes dentro do crânio exceto MEDULA OBLONGA, PONTE e CEREBELO. As funções cerebrais incluem as atividades sensório-motora, emocional e intelectual.
13 Cabelo: Estrutura filamentosa formada por uma haste que se projeta para a superfície da PELE a partir de uma raiz (mais macia que a haste) e se aloja na cavidade de um FOLÍCULO PILOSO. É encontrado em muitas áreas do corpo.
14 Seborréia: Também conhecida como dermatite seborreica, caspa ou eczema, é uma afecção crônica que se manifesta em partes do corpo onde existe maior produção de óleo pelas glândulas sebáceas ou a presença de um fungo, o Pityrosporum ovale. Manifesta-se sob a forma de lesões avermelhadas que descamam e coçam principalmente no couro cabeludo, sobrancelhas, barba, perto do nariz, atrás e dentro das orelhas, no peito, nas costas e nas dobras de pele (axilas, virilhas e debaixo dos seios). Nos bebês, é conhecida como crosta láctea, uma placa gordurosa que adere ao couro cabeludo, mas que pode também aparecer na região das fraldas. Não é contagiosa.
15 Esperma: Esperma ou sêmen. Líquido denso, gelatinoso, branco acinzentado e opaco, que contém espermatozoides e que serve para conduzi-los até o óvulo. O esperma é o líquido da ejaculação. Ele é composto de plasma seminal e espermatozoides. Este plasma contém nutrientes que alimentam e protegem os espermatozoides.
16 Sistema Linfático: Um sistema de órgãos e tecidos que processa e transporta células imunes e LINFA.
17 Dermatite seborreica: Caracterizada por descamação da pele e do couro cabeludo. A forma que acomete couro cabeludo é a mais comum e conhecida popularmente por caspa. É uma doença inflamatória, não contagiosa, possui caráter crônico e recorrente. O fungo Pityrosporum ovale pode ser considerado um possível causador da dermatite seborreica. As manifestações clínicas mais comuns são descamação, vermelhidão e aspereza local. As escamas podem ser secas ou gordurosas, finas ou espessas, geralmente acinzentadas ou amareladas, quase sempre aderentes, podendo ser acompanhadas ou não de coceira.
18 Corpo humano: O corpo humano é a substância física ou estrutura total e material de cada homem. Ele divide-se em cabeça, pescoço, tronco e membros. A anatomia humana estuda as grandes estruturas e sistemas do corpo humano.
19 Calorias: Dizemos que um alimento tem “x“ calorias, para nos referirmos à quantidade de energia que ele pode fornecer ao organismo, ou seja, à energia que será utilizada para o corpo realizar suas funções de respiração, digestão, prática de atividades físicas, etc.
20 Convulsão: Episódio agudo caracterizado pela presença de contrações musculares espasmódicas permanentes e/ou repetitivas (tônicas, clônicas ou tônico-clônicas). Em geral está associada à perda de consciência e relaxamento dos esfíncteres. Pode ser devida a medicamentos ou doenças.
Gostou do artigo? Compartilhe!

Tem alguma dúvida sobre Clínica Médica?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.