Atalho: 6UN2ZDB
Gostou do artigo? Compartilhe!

Como é feito o eletrocardiograma? Para que serve?

A+ A- Alterar tamanho da letra
Avalie este artigo

O que é eletrocardiograma1?

O eletrocardiograma1, como o próprio nome sugere, é um exame que permite a avaliação elétrica da atividade cardíaca (potenciais elétricos) e da sua condução, registrada em gráficos que são comparados com gráficos padrão e que indicam, assim, o estado de normalidade ou de alteração dos músculos2 e nervos do coração3. A atividade elétrica cardíaca é dada pela variação da quantidade de íons4 de sódio dentro e fora das células musculares5 cardíacas, a qual gera diferenças de concentrações desses íons4 na periferia do corpo. São essas diferenças, captadas por eletrodos sensíveis colocados em pontos específicos do corpo, que são registradas nos gráficos do eletrocardiograma1. Apesar de ser de execução muito simples, o eletrocardiograma1 é um exame muito importante em cardiologia, pois ele permite diagnosticar desde condições ligeiras até outras muito graves, como os infartos do miocárdio6, por exemplo.

Como se realiza o exame?

O aparelho que realiza o exame é o eletrocardiógrafo. Esse aparelho registra as alterações de potencial elétrico entre dois pontos do corpo, gerando uma imagem linear, em ondas de padrão rítmico, as quais têm significações clínicas particulares reconhecidas pelo cardiologista7 e que recebem denominações específicas: ondas P, ondas T, complexo QRS, intervalo ST, etc.

O exame é simples, indolor e geralmente muito rápido. O paciende deve deitar-se numa maca, de barriga para cima, tendo ao lado o pequeno aparelho que constitui o eletrocardiógrafo (usualmente portátil). O médico colocará eletrodos justapostos à pele8 dos braços (faces anteriores dos punhos), pernas (faces antero-mediais) e tórax9 do paciente, que captarão os estímulos elétricos do coração3 ou as repercussões deles à distância. A pele8 deve estar bem limpa e desengordurada nos locais de fixação dos eletrodos. Para facilitar a captação desses estímulos geralmente é aplicado sobre a pele8 um gel condutor. Os eletrodos dos membros são fixados por braceletes e os do tórax9 por uma espécie de ventosa de borracha, permitindo aderência à pele8 sem o uso de agulhas ou outros instrumentos invasivos. Se o corpo do paciente tiver muitos pelos, uma depilação deve ser feita e se a pele8 for especialmente oleosa deve ser promovida uma limpeza local com álcool.

Cada uma das derivações em que são colocados eletrodos capta a atividade elétrica das várias partes do coração3 (anterior, posterior, lateral esquerda, lateral direita). Acionada pelos estímulos elétricos, uma agulha com tinta movimenta-se no sentido vertical sobre uma tira de papel termosensível que corre horizontalmente numa velocidade padrão constante e deixa nela um registro gráfico que, analisado pelo cardiologista7, indica a normalidade ou sugere as diversas patologias cardíacas presentes.

Para que serve o exame?

O exame pode detectar arritmias10, aumento de cavidades cardíacas, patologias coronarianas, infarto do miocárdio11, entre outros diagnósticos. O eletrocardiograma1 deve ser executado periodicamente, a partir dos 40 anos. A partir dele podem ser solicitados outros exames, mais específicos, se necessário.

ABCMED, 2013. Como é feito o eletrocardiograma? Para que serve?. Disponível em: <https://www.abc.med.br/p/exames-e-procedimentos/338024/como-e-feito-o-eletrocardiograma-para-que-serve.htm>. Acesso em: 15 set. 2019.
Nota ao leitor:
As notas acima são dirigidas principalmente aos leigos em medicina e têm por objetivo destacar os aspectos mais relevantes desse assunto e não visam substituir as orientações do médico, que devem ser tidas como superiores a elas. Sendo assim, elas não devem ser utilizadas para autodiagnóstico ou automedicação nem para subsidiar trabalhos que requeiram rigor científico.

Complementos

1 Eletrocardiograma: Registro da atividade elétrica produzida pelo coração através da captação e amplificação dos pequenos potenciais gerados por este durante o ciclo cardíaco.
2 Músculos: Tecidos contráteis que produzem movimentos nos animais.
3 Coração: Órgão muscular, oco, que mantém a circulação sangüínea.
4 Íons: Átomos ou grupos atômicos eletricamente carregados.
5 Células Musculares: Células contráteis maduras, geralmente conhecidas como miócitos, que formam um dos três tipos de músculo. Os três tipos de músculo são esquelético (FIBRAS MUSCULARES), cardíaco (MIÓCITOS CARDÍACOS) e liso (MIÓCITOS DE MÚSCULO LISO). Provêm de células musculares embrionárias (precursoras) denominadas MIOBLASTOS.
6 Miocárdio: Tecido muscular do CORAÇÃO. Composto de células musculares estriadas e involuntárias (MIÓCITOS CARDÍACOS) conectadas, que formam a bomba contrátil geradora do fluxo sangüíneo. Sinônimos: Músculo Cardíaco; Músculo do Coração
7 Cardiologista: Médico especializado em tratar pessoas com problemas cardíacos.
8 Pele: Camada externa do corpo, que o protege do meio ambiente. Composta por DERME e EPIDERME.
9 Tórax: Parte superior do tronco entre o PESCOÇO e o ABDOME; contém os principais órgãos dos sistemas circulatório e respiratório. (Tradução livre do original Sinônimos: Peito; Caixa Torácica
10 Arritmias: Arritmia cardíaca é o nome dado a diversas perturbações que alteram a frequência ou o ritmo dos batimentos cardíacos.
11 Infarto do miocárdio: Interrupção do suprimento sangüíneo para o coração por estreitamento dos vasos ou bloqueio do fluxo. Também conhecido por ataque cardíaco.
Gostou do artigo? Compartilhe!

Tem alguma dúvida sobre Cardiologia?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.

Comentários

19/02/2015 - Comentário feito por adriano
eu vou fazer teste de futebol...é &ntild...
eu vou fazer teste de futebol...é ñ sabia oque eletrocardiograma...mais agora eu sei.

18/09/2014 - Comentário feito por rodrigo
primeiro : na grande maioria (90% dos h...
primeiro : na grande maioria (90% dos hospitais e clinicas) é um técnico de enfermagem que realiza este procedimento;
segundo: seria de bom senso informar sobre o não uso de celular durante o exame ; bem como na nomenclatura do fabricante , evitar metais junto ao corpo do examinado , bem com sutian (recomendado o não uso);
terceiro: o não movimento do pcte , tossir ou falar durante o exame é recomendado para evitar interferências; é de bom senso informar;
como sei ? não sou medico ; sou técnico de enfermagem.

11/12/2013 - Comentário feito por Eliana
Re: Como é feito o eletrocardiograma? Para que serve?
Excelente consegui tirar as duvidas para operação.

06/10/2013 - Comentário feito por kelly
Re: Como é feito o eletrocardiograma? Para que serve?
Muito bom ! vou apresentar um seminario e consegui tirar todas as minhas duvidas .

28/05/2013 - Comentário feito por ana
Re: Como é feito o eletrocardiograma? Para que serve?
Vou fazer um eletrocardiograma amanhã e queria me informar melhor antes de ir. As informações foram úteis e suficientes para me preparar. Apreciei especialmente o selo quanto ao valor das informações e a importância do diagnóstico pelo especialista. Obrigada!

28/05/2013 - Comentário feito por joao
Re: Como é feito o eletrocardiograma? Para que serve?
muito bom !!!!!!!!!!!!!!!!!!
me ajudou muito na lição !!!!!!!!obrigado!!!!!!!!!!

  • Entrar
  • Assinar