Gostou do artigo? Compartilhe!

Personalidade narcisista - como ela é?

A+ A- Alterar tamanho da letra
Avalie este artigo

O Mito de Narciso

Na mitologia grega, Narciso era um jovem heroi, famoso por sua beleza e orgulho. No dia do seu nascimento, o velho adivinho Tirésias vaticinou que ele teria vida longa, desde que jamais contemplasse sua própria figura. O jovem cresceu assediado até mesmo pelas ninfas, as quais, no entanto, ele desprezava. As ninfas então pediram aos deuses para vingá-las. Para dar uma lição ao rapaz frívolo, a deusa Némesis o condenou a apaixonar-se pelo seu próprio reflexo.

Assim, certo dia, durante uma caçada, Narciso deparou-se com um lago de água cristalina e chegou às suas margens para bebê-la. Viu então sua imagem refletida no espelho d’água e ficou tão extasiado e apaixonado por sua beleza que não conseguiu mais afastar-se do local e acabou morrendo por estarvação (privação de alimentos). No lugar onde pereceu, nasceu uma flor branca que recebeu o nome de Narciso.

O que é personalidade narcisista?

O mito foi aproveitado na psiquiatria por Havelock Ellis, em 1898, para descrever uma forma de sexualidade baseada no próprio corpo do indivíduo. Posteriormente, em 1914, Freud elevou o narcisismo à condição de uma etapa de evolução da personalidade, que pode ou não persistir na vida adulta.

O que é o transtorno de personalidade narcisista?

Transtornos de personalidade são desvios extremos do modo como o indivíduo comum percebe, pensa, sente e se relaciona com os outros. São alterações permanentes da personalidade e não limitadas apenas a episódios de doença psiquiátrica. Os indivíduos com transtornos de personalidade sofrem e/ou fazem sofrer os demais com uma desadaptação social, já que mostram respostas inflexíveis e não adaptativas a uma ampla série de situações pessoais e sociais.

O Transtorno de Personalidade Narcisista é caracterizado por um padrão de ideias de grandiosidade, auto exaltação, necessidade de admiração e falta de empatia, que começa na idade adulta e está presente em todos os contextos em que a pessoa convive. Os indivíduos narcisistas são caracterizados por fantasias irreais de sucesso e senso de serem únicos e diferentes de todos os demais, hipersensibilidade à avaliação de outros, sentimentos de autoridade e esperam tratamento especial.

Frequentemente apresentam sentimentos de superioridade, exagero de suas capacidades e talentos, necessidade de atenção, arrogância e comportamentos autorreferentes. Exibem exagerada centralização em si mesmos e tem sérias distorções em suas relações internas com outras pessoas.

Quais são as causas do transtorno de personalidade narcisista?

As causas do transtorno de personalidade narcisista ainda são pouco precisas. Entretanto, está claro que há o envolvimento de fatores hereditários e ambientais, como constituição corporal, temperamento, caráter e modo de criação.

Quais são as principais características clínicas do transtorno de personalidade narcisista?

Os traços narcisistas normalmente são exacerbados nos adolescentes, sem que isso indique necessariamente que o indivíduo terá um transtorno da personalidade narcisista. O transtorno da personalidade narcisista é mais comum em homens que em mulheres (50 a 75% dos indivíduos). As pessoas com transtorno narcisista da personalidade habitualmente são muito sensíveis a críticas ou derrotas e costumam se deprimir diante delas. Outras vezes procuram não demonstrar isso e passam a se sentirem humilhados, degradados e vazios. Em outros casos, a reação pode ser de desdém, raiva1 ou agressividade reativa.

Por vezes essas vivências geram um afastamento social porque as relações interpessoais são comprometidas pelos problemas resultantes da necessidade de admiração e do relativo desrespeito pela sensibilidade alheia. Embora a ambição e a confiança possam levar a altas realizações, o desempenho pode ser perturbado em virtude da intolerância a críticas ou derrotas. Esses pacientes muitas vezes apresentam boas condições financeiras e elevados cargos no trabalho.

Como o médico diagnostica o transtorno da personalidade narcisista?

O diagnóstico2 é eminentemente3 clínico comportando, portanto, certo grau de subjetividade. Para diminuir essa incerteza, pede-se que pelo menos cinco das características abaixo estejam inequivocamente presentes:

  1. Sentimento grandioso da própria importância.
  2. Preocupação com fantasias de ilimitado sucesso, poder, inteligência ou beleza.
  3. Crença de ser "especial" e único.
  4. Exigência de admiração excessiva.
  5. Expectativas irracionais de receber um tratamento especialmente favorável ou obediência automática.
  6. Tirar vantagem de outros para atingir seus próprios objetivos.
  7. Ausência de empatia, isto é, relutância em reconhecer os sentimentos e necessidades alheias.
  8. Frequentemente sente inveja de outras pessoas e acredita ser alvo de inveja alheia.
  9. Comportamentos e atitudes arrogantes e insolentes.

Como o médico trata o transtorno da personalidade narcisista?

Não existe um tratamento farmacológico específico para o transtorno da personalidade narcisista. Medicamentos são empregados apenas para aliviar a ansiedade ou a depressão por ventura existente. A psicoterapia pode ter algum efeito, levando a um exame do significado do sucesso, consciência de limites e perspectiva dos outros, exame das crenças sobre valor pessoal e emoções e desenvolvimento de alternativas construtivas. Conhecer mais e mais sobre seu transtorno é fundamental para adesão ao tratamento, para ajudar na convivência com os familiares, colegas de trabalho e cônjuge e para aceitar a psicoterapia.

Saiba mais sobre "Psicoterapias",  "Ansiedade", "Depressão".

Como evolui em geral o transtorno da personalidade narcisista?

Os indivíduos com transtorno da personalidade narcisista podem ter dificuldades especiais com as limitações físicas e ocupacionais inerentes ao processo de envelhecimento.

Quais são as complicações possíveis da personalidade narcisista?

A maior complicação possível em quadros de transtorno da personalidade narcisista é a possibilidade de ansiedade e depressão quando os objetivos idealizados falham. Outro risco é o uso de drogas.

Veja também sobre "Estresse", "Transtorno do pânico",  "Tipo psicológico" e "Distimia".

 

ABCMED, 2017. Personalidade narcisista - como ela é?. Disponível em: <https://www.abc.med.br/p/psicologia-e-psiquiatria/1295373/personalidade-narcisista-como-ela-e.htm>. Acesso em: 16 jan. 2019.
Nota ao leitor:
As notas acima são dirigidas principalmente aos leigos em medicina e têm por objetivo destacar os aspectos mais relevantes desse assunto e não visam substituir as orientações do médico, que devem ser tidas como superiores a elas. Sendo assim, elas não devem ser utilizadas para autodiagnóstico ou automedicação nem para subsidiar trabalhos que requeiram rigor científico.

Complementos

1 Raiva: 1. Doença infecciosa freqüentemente mortal, transmitida ao homem através da mordida de animais domésticos e selvagens infectados e que produz uma paralisia progressiva juntamente com um aumento de sensibilidade perante estímulos visuais ou sonoros mínimos. 2. Fúria, ódio.
2 Diagnóstico: Determinação de uma doença a partir dos seus sinais e sintomas.
3 Eminentemente: De modo eminente; em alto grau; acima de tudo.
Gostou do artigo? Compartilhe!

Tem alguma dúvida sobre Psiquiatria?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.