Atalho: 6ABN12X
Gostou do artigo? Compartilhe!

O que afeta o comportamento da sua glicemia?

A+ A- Alterar tamanho da letra
Avalie este artigo

Pessoas com diabetes mellitus1 devem monitorizar os seus níveis de glicose2 (açúcar3) no sangue4. O uso de insulina5 e de algumas medicações podem modificar o comportamento da glicose2 no sangue4, mas pouco ainda se sabe sobre os outros fatores que alteram a glicemia6

A American Diabetes7 Association relatou alguns fatores que podem afetar o comportamento da glicemia6 de pacientes diabéticos. São eles:

  • As comidas ingeridas pelos diabéticos.
  • O quanto as pessoas se exercitam ou não se exercitam.
  • Em qual local do corpo a insulina5 é injetada.
  • O momento do dia em que a insulina5 é injetada.
  • Estar doente ou não.
  • Estar vivendo sob estresse.
ABCMED, 2012. O que afeta o comportamento da sua glicemia?. Disponível em: <https://www.abc.med.br/p/diabetes-mellitus/255190/o-que-afeta-o-comportamento-da-sua-glicemia.htm>. Acesso em: 10 dez. 2018.
Nota ao leitor:
As notas acima são dirigidas principalmente aos leigos em medicina e têm por objetivo destacar os aspectos mais relevantes desse assunto e não visam substituir as orientações do médico, que devem ser tidas como superiores a elas. Sendo assim, elas não devem ser utilizadas para autodiagnóstico ou automedicação nem para subsidiar trabalhos que requeiram rigor científico.

Complementos

1 Diabetes mellitus: Distúrbio metabólico originado da incapacidade das células de incorporar glicose. De forma secundária, podem estar afetados o metabolismo de gorduras e proteínas.Este distúrbio é produzido por um déficit absoluto ou relativo de insulina. Suas principais características são aumento da glicose sangüínea (glicemia), poliúria, polidipsia (aumento da ingestão de líquidos) e polifagia (aumento da fome).
2 Glicose: Uma das formas mais simples de açúcar.
3 Açúcar: 1. Classe de carboidratos com sabor adocicado, incluindo glicose, frutose e sacarose. 2. Termo usado para se referir à glicemia sangüínea.
4 Sangue: O sangue é uma substância líquida que circula pelas artérias e veias do organismo. Em um adulto sadio, cerca de 45% do volume de seu sangue é composto por células (a maioria glóbulos vermelhos, glóbulos brancos e plaquetas). O sangue é vermelho brilhante, quando oxigenado nos pulmões (nos alvéolos pulmonares). Ele adquire uma tonalidade mais azulada, quando perde seu oxigênio, através das veias e dos pequenos vasos denominados capilares.
5 Insulina: Hormônio que ajuda o organismo a usar glicose como energia. As células-beta do pâncreas produzem insulina. Quando o organismo não pode produzir insulna em quantidade suficiente, ela é usada por injeções ou bomba de insulina.
6 Glicemia: Valor de concentração da glicose do sangue. Seus valores normais oscilam entre 70 e 110 miligramas por decilitro de sangue (mg/dl).
7 Diabetes: Nome que designa um grupo de doenças caracterizadas por diurese excessiva. A mais frequente é o Diabetes mellitus, ainda que existam outras variantes (Diabetes insipidus) de doença nas quais o transtorno primário é a incapacidade dos rins de concentrar a urina.
Gostou do artigo? Compartilhe!

Tem alguma dúvida sobre Clínica Médica?

Pergunte diretamente a um especialista

Sua pergunta será enviada aos especialistas do CatalogoMed, veja as dúvidas já respondidas.

Comentários

29/03/2012 - Comentário feito por EDUARDO
Re: O que afeta o comportamento da sua glicemia?
tenho 30 anos e descobri que tinha diabete ha 4 anos, controlo com comprimidos mas as vezescom o sistema nervoso altera tomo 1/2 comprimido de manha e a noite, controlo um pouco na alimentaçao mas é dificil , nao podemos abusar porque ela é quieta e perigosa, quando eu consigo fazer exercicios eu paro ate de tomar remedio porque ela cai para 90 mas quando nao faço por motivo de tempo ela volta a 105 a 110 mas o importante é vazer exercicios assim nos conseguimos viver tranquilos temos que ser concientes mas nao é facil .valeu e esforços a todos

02/02/2012 - Comentário feito por Telma
Re: O que afeta o comportamento da sua glicemia?
Estou resistente a insulina há 2 anos. Não tomo hipoglicemiantes. Resolvi enfrentar com o plano B, isto é, perder 10% do peso e fazer exercícios. Todo dia ando uma média de 8 km. Todo dia, e a minha glicemia de jejum não muda: 103, 105, 106 (testada em lab). Mesmo cortando os carboidratos simples. A conta dos pesquisadores não fechou no meu caso.

29/01/2012 - Comentário feito por Renata
Re: O que afeta o comportamento da sua glicemia?
Sou diabética a 27 anos, e ao longo desses anos enfrentei muitos problemas, doenças igualmente agregadas a deficiência, comas hipoglicemicas, alguns episódios de cetocidose e a cada ano um "presente de grego", como bem sabemos, acomete ou irá nos acometer em algum determinado momento de nossas vidas. Porém também tive grandes vitórias ao longo desses anos, tais como ter meus 3 filhos! Não é nada fácil...más também nada impossível. Viver um dia de cada vez, no caso do diabético mais imediatista, uma hora de cada vez! Fazendo sempre o seu melhor, pois cada um tem suas dificuldades, mesmo a doença sendo a mesma...um se adequa melhor as privações, a exercícos, a tratamentos...cada um sabe a dor e suas dificuldades e não cabe a nós julgar, más nos aliar a fim de encontrarmos mais sa%@\0\1\0\30\0\3 É uma doença auto imune, é sim degenerativa e é uma droga tê-la, más não adianta focar isso! Devemos a cada dia ver a oportunidade de estarmos viva como realmente é, uma dádiva! Lutarmos e enfrentarmos nossos medos e a cada noite agradecer e aproveitar para pedir também...Ninguém sabe do menuto seguinte, más sabemos o quanto queremos estar bem e superar cada um suas limitações e dificuldades. Cada hora é uma hora e devemos sempre estar prontos para "lutar"podendo sair na vitória ou não, tentemos sempre! Ah! o emocional me afeta muito! Preocupações desencadeiam, muitas vezes, em meu caso hipoglicemias severas ou hiper pela alimentação! Más, Vamos a luta!

28/01/2012 - Comentário feito por Antonio
Re: O que afeta o comportamento da sua glicemia?
Tenho 58 anos e descobri que tenho diabetes tipo 2 há 2 anos. Sou corredor amador há 8 anos e faço academia há 5 anos. O que afeta o comportamento da minha glicemia é deixar de fazer exercícios e sair da minha dieta alimentar. Ainda não necessito de insulina, mas tomo medicamento diariamente.

27/01/2012 - Comentário feito por S.
Re: O que afeta o comportamento da sua glicemia?
ANA CAROLINA falou uma coisa que ela está plenamente certa em td .... só faltou falar q o relógio ñ para, para qm tem diabéti....

27/01/2012 - Comentário feito por paulo
Re: O que afeta o comportamento da sua glicemia?
Sou diabético e hipertenso, tenho0 51 anos, há onze convivo com esta doença, porem, todo meus remédios normalmente, já tive 03 UTIs. Todavia não me deixo abater, vivo uma vida normal, como se não tivesse essas doenças, como de tudo e, ainda tomo umas, mas, não aconselho ninguem a seguir meu caminho. até a proxima.

21/01/2012 - Comentário feito por sergio
Re: O que afeta o comportamento da sua glicemia?
Muita critica e preconceito em alguns comentarios,se fala com se fosse o melhor. Sou diabetico e tenho hipertensao com a graça de Deus sobcontrole, o que eu posso dizer e que devemos nos cuidar da melhor forma possivel (medicação, alimentação, atividades,) nao importa se somos gordos, magros, etc. O principal e sermos felizes e manter a nosssa alta estima, isto e o melhor para enfrentarmos a nossa deficiencia.

21/01/2012 - Comentário feito por ANA
Re: O que afeta o comportamento da sua glicemia?
Sou diabetica a 15 anos e ate hj não consegui controlar rigorozamente minha glicemia,não pelo medico mas sim por mim mesma,é muito facil para as pessoas falarem sobre controle se elas mesmas não sabem se controlar..é muito facil falar em não comer doce..em tomar injeções sem viver tudo isso,quero saber quem tem coragem de assumir que ser diabetico doi não so na hora de aplicar insulina mas também dentro da alma por saber que temos uma doença que está nos matando dia apos dia.

20/01/2012 - Comentário feito por Paulo
Re: O que afeta o comportamento da sua glicemia?
Tudo na vida é questão de conscientização. Precisamos estar dispostos a falar as verdades para as pessoas justamente para combatermos a ignorância, mesmo que sejamos um pouco desagradáveis.
É assim com o cara sedentário que reclama da pressão, da barriga, do stress, da glicemia, etc...

19/01/2012 - Comentário feito por nelson
Re: O que afeta o comportamento da sua glicemia?
É muito dificil manter a glicemia adeguada em obesos, sedentários e principalmente sob stress. Nas pessoas de menor nivel cultural ensiná-las a dar valor em atividade física, dieta, é custoso. Aliviar o stress só com medicamentos pois sobreviver para este grupo é muito dificil.O stress é constante.

  • Entrar
  • Assinar
O AbcMed® é parte integrante da Plataforma HiDoctor® e é oferecido a você gratuitamente.